Mineirinha n'Alemanha
Brasil - Deutschland

::Teste de personalidade::

Fiz aqui e deu isso aqui. E qual foi seu resultado?



 Escrito por Sandra às 21h46

Comente aqui: ou aqui: []

::Concurso literário::

Através de uma dica da Vanessa do (In)confidência Mineira, participei de um concurso literário da revista Piauí. O meu texto saiu na lista de textos publicáveis do concurso, cuja participação pelo jeito foi enorme. Para dar uma lida no texto, clique aqui.



 Escrito por Sandra às 23h24

Comente aqui: ou aqui: []

::Menor bebê do mundo::

Aqui uma notícia sobre o menor bebê do mundo, que ao nascer media 24 centímetros e pesava menos de 280 gramas.



 Escrito por Sandra às 16h01

Comente aqui: ou aqui: []

::Meias::

Aqui em casa eu tenho uma sacola de meias que ficaram sem par. Pra mim continua sendo um enigma. Pra onde será que a outra meia vai passear, enquanto a outra vai pra dentro do saco? E por que será que isso quase sempre acontece com as melhores meias?



 Escrito por Sandra às 15h55

Comente aqui: ou aqui: []

::Obesidade::

Li ontem no jornal local uma nota pequena sobre este bebê brasileiro, Mateus Souza do Carmo Araújo, que tem 15 meses de idade e já pesa 25 quilos! Tive que vir à internet pra procurar uma foto dele e checar se o caso era mesmo verdadeiro. Pois parece ser, o menino mora em Porto Seguro e é o único obeso da família. Felizmente o menino já conseguiu ajuda médica e será tratado por especialistas.



 Escrito por Sandra às 15h48

Comente aqui: ou aqui: []

::Seres humanos::

Aqui em casa a Taísa é a responsável pelo Tigre, nosso gato. Quando eu entro dentro de casa ele aproveita pra começar uma interminável miada, pra mostrar que a fome tá “braba” pro lado dele. Durante a semana entrei dentro de casa e o gato miava sem parar. Chamei a Taísa pra ela dar comida pra ele. Ela vem, indignada, e diz no caminho pra cozinha:

-          Às vezes os gatos conseguem ser mais enjoados do que os seres humanos!”

Ih.hi.hi... e o pior é que ela tem razão!...

 Escrito por Sandra às 15h44

Comente aqui: ou aqui: []

::A vida dos outros::

Eu poderia escrever muito sobre o filme alemão „Das Leben der anderen“ (A vida dos outros), que ganhou o oscar deste ano de melhor filme estrangeiro. Mas acho que basta dizer que ele é muito, muito bom. A moral da estória seria mais ou menos a seguinte: há pessoas que gostam da gente, mesmo sem nos conhecer direito, e delas não esperamos nada e desconhecemos seu afeto. Há outras, entretanto, muito perto de nós, para quem dirigimos nosso carinho e nossa consideração. Algumas delas podem ser nossos maiores inimigos, nos enganar e nos trair profundamente.



 Escrito por Sandra às 00h29

Comente aqui: ou aqui: []

::Homeopatia::

Depois de passar praticamente um mês lutando com uma tosse horrível do Dani, acompanhada de vômitos e muito mal estar, ele está melhorando a olhos vistos com a mudança de remédios alopáticos para homeopáticos. Principalmente a disposição dele, o bom humor e a vontade de se alimentar reapareceram um dia depois que passamos para a homeopatia. Ele parou de vomitar, está dormindo muito melhor e ainda tosse, mas está visivelmente muito, muito melhor, graças a Deus. Por essa experiência e por outras é que eu estou mesmo decidida a estudar a fundo a homeopatia, pois estou convencida de que ela funciona, além de não ter contra-indicações. Semana passada estive na farmácia da cidade que vende produtos homeopáticos e quis perguntar se existia um conjunto de produtos homeopáticos que fosse vendido como um kit, mas acabei indo embora sem perguntar. Eis que hoje descubro através da página https://www.dhu.de (União Homeopática Alemã) que esse kit existe (“Taschenapotheke”), e através da página http://www.medizinfuchs.de/ pude pesquisar onde comprar o mesmo online por um preço mais em conta. O “Medizinfuchs” é uma página que compara os preços de todo e qualquer remédio e indica as empresas com os melhores preços do mercado. Fiquei boba, a diferença chega a ser até de 100%, então não resta dúvida de que vou comprar menos nas farmácias e mais pela internet. Fica aí a dica, válida para toda a Alemanha.



 Escrito por Sandra às 23h25

Comente aqui: ou aqui: []

::Dentista - argh! - Parte 1::

Já faz um tempo que não gosto mais de ir ao dentista. Mas semana passada não teve outro jeito, pois quis morder um simples Haribo e uma parte de uma obturação quebrou. Marquei horário, pedi pra ser atendida pela dentista e não por seu marido, um mercenário que só vê o cliente, ops... paciente através de uma lente cheia de cifrões. Como sempre, quando estava na sala de espera e tinha acabado de achar uma matéria imperdível numa das inúmeras revistas do consultório, fui chamada para ser atendida... Já deitada, com o babador de papel e tudo a postos, a auxiliar do dentista me deu a triste notícia:

-          “Só um momento, o doutor já está vindo!”

“O doutor, pensei eu. Quer dizer então que ELE vai me atender de novo! Ai meu Deus!!! Mas como não me restava outra alternativa, fiquei ali à espera da entrada do dito cujo. Ele veio, constatou o problema, me deu uma anestesia e saiu. Sua assistente cumpriu o lado mercenário da coisa e perguntou, antes de deixar a sala, que tipo de obturação eu iria escolher (pra cada tipo, eles ganham mais ou menos e eu pago mais ou menos, de acordo com o plano de saúde alemão). Teria sido melhor se no consultório do dentista não houvesse um relógio. Constatei que fiquei esperando, a partir desse momento, ditos 40 minutos! Depois desse tempo entram o dito cujo e sua ajudante, e ela exclama:



 Escrito por Sandra às 23h23

Comente aqui: ou aqui: []

::Dentista - argh! - Parte 2::

-          “Espero que a anestesia já esteja funcionando!”

Ao que eu não respondi nada, mas fiz meu comentário mental do tipo “também pudera, depois de 40 minutos de espera!”. Ele abriu a cratera, limpou, a ajudante sugou minha saliva e secou a área, ele fechou (pra mim foi como se estivesse colocando “Belo Horizonte dentro de Contagem”, como dizia minha mãe!) e arrumou a saída da mesma e perguntou se eu podia morder umas duas ou três vezes para olhar onde a obturação ainda estava alta. Terminado seu trabalho, virou as costas e se foi. Nem um tchau, nem um aperto de mão, nada. Tipo assim: “Você não é fonte financeira para mim, portanto praticamente não existe”. E eu lá, com um algodão na boca que tinha se secado e grudado na arcada superior da boca. A ajudante ainda comentou sobre isso, veio me ajudar, jogou água no local, me deu água para limpar a boca, antes tinha perguntado do meu filho, batido um papinho, se despediu de mim, desejou um bom dia, etc.  e tal, mas nada, absolutamente nada que ela tenha feito ou possa fazer vai mudar minha opinião em relação a seu chefe. Marquei outro horário, pedi encarecidamente que fosse com a dentista e não com ele (ela é a esposa dele – eu e meus pensamentos: “como é que uma mulher doce como ela pode ser casada com um homem como ele?”). Eu de novo, de mim pra mim: “Definitivamente tenho que procurar outro dentista a médio prazo”. A ajudante do dentista ainda me pediu que não comesse até que a anestesia parasse de fazer efeito. Saí do consultório e dei de cara com o carro esporte luxuoso do mercenário, entrei no meu e fui direto pro McDonalds, afinal minha língua não estava anestesiada e eu sempre fui um tanto quanto rebelde, além do que estava morrendo de fome. Dei uma sorte, pois o dia estava lindo, meu HappyMeal estava gostoso e a rádio local, SWR3, estava com um programa super animado, gostoso e divertido. Ouvi umas piadas, umas músicas muito boas, tomei um banho de sol, ao mesmo tempo em que “matava quem estava me matando” e pensei cá comigo: “A vida é bela!”.

 Escrito por Sandra às 23h23

Comente aqui: ou aqui: []

::Meu lado mulher - Frei Betto::

Meu lado mulher incomoda-se de receber homenagens num único dia do ano - 8 de março -, enquanto meu lado homem se farta com 364 dias. Talvez se faça necessária esta efeméride, dor recente de uma cicatriz antiga. Porque se vive numa sociedade machista: matrimônio - o cuidado do lar; patrimônio - o domínio dos bens.

O marido possui a casa, o carro e a mulher, que incorpora ao nome o da família dele. A casa, ele exige que se limpe todo dia. O carro, envia à oficina ao menor defeito. À mulher, ser polivalente, cabe o dever de cuidar da casa, dos filhos, das compras e do bom-humor do marido, que nem sempre se lembra de cuidar dela.

Meu lado mulher nunca viu o marido gritar com o carro, ameaçá-lo ou agredi-lo. Nem sempre, entretanto, ela é tratada com o mesmo respeito. Ele esquece que marido e mulher não são parentes, são amantes. Ou deveriam ser.

Na Igreja Católica, os homens têm acesso aos sete sacramentos. Podem até ser ordenados padres e, mais tarde, obter dispensa do ministério e contrair matrimônio. Toda a hierarquia da mais antiga instituição do mundo é de homens. O que seria dela e deles se não fossem as mulheres?

As mulheres, consideradas pela teologia vaticana um ser naturalmente inferior, só têm acesso a seis sacramentos. Não podem receber a ordenação sacerdotal, embora tenham merecido de Jesus o útero que o gerou; o seguimento de Joana, de Susana e da mãe dos filhos de Zebedeu; a defesa da mulher adúltera; o perdão à samaritana; a amizade de Madalena, primeira testemunha de sua ressurreição.

Meu lado mulher tem pavor da violência doméstica; do imbecil que diz bobagens quando a garota passa; do pai que assedia a filha, jogando-a nas garras da prostituição; do patrão que exige préstimos sexuais da funcionária; do marido que ergue a mão para profanar o ser que deu à luz seus filhos.

Diante da TV ou de uma banca de revistas, meu lado mulher estremece: cala a boca, Magda! Ela é a burra, a idiota que rebola no fundo do palco, mergulha na banheira do Gugu, expõe-se na casa dos brothers, associa-se à publicidade de cervejas e carros, como um adereço a mais de consumo.

Meu lado mulher tenta resistir ao implacável jogo da desconstrução do feminino: tortura do corpo em academias de ginástica; anorexia para manter-se esbelta; vergonha das gorduras, das rugas e da velhice; entrega ao bisturi que amolda a carne segundo o gosto da clientela do açougue virtual; o silicone a estufar protuberâncias. E manter a boca fechada, até que haja no mercado um chip transmissor automático de cultura e inteligência, a ser enxertado no cérebro. E engolir antidepressivos para tentar encobrir o buraco no espírito, vazio de sentido, ideais e utopia.

Meu lado mulher esforça-se por livrar-se do modelo emancipatório que adota, como paradigma, meu lado homem. Serei ela se ousar não querer ser como ele. Sereia em mares nunca dantes navegados, rumo ao continente feminino, onde as relações de gênero serão de alteridade, porque o diferente não se fará divergente. Aquilo que é , só alcançará plenitude em interação com o seu contrário. Como ocorre em todo verdadeiro amor.


 Escrito por Sandra às 22h34

Comente aqui: ou aqui: []

::Viva as mulheres poderosas! - Um exemplo: minha prima Ciléia::

O link do artigo pode também ser lido aqui.



 Escrito por Sandra às 23h59

Comente aqui: ou aqui: []

::Feliz Dia das Mulheres - Parte 1::

Em muitas regiões do mundo os direitos de meninas e mulheres são ignorados. Veja aqui alguns dados:

- 110 milhões de crianças no mundo não podem ir à escola – 2/3 dessas crianças são meninas;

2/3 dos 771 milhões de analfabetos no mundo são mulheres;

3/4 da população mais pobre do mundo são mulheres. Uma grande parte delas são mães separadas e viúvas;

Casamento de meninas: uma em cada três meninas é obrigada a se casar antes dos 18 anos;

Violência doméstica: uma em cada três mulheres é agredida fisicamente por seu parceiro dentro de casa;



 Escrito por Sandra às 23h34

Comente aqui: ou aqui: []

::Feliz Dia das Mulheres - Parte 2::

- Prostituição de crianças: estima-se que somente na Ásia um milhão de crianças e jovens  sejam vítimas de prostituição – a maioria delas são meninas;

Triste tradição do corte do clítoris: a cada dia 8.000 meninas são obrigadas a sofrer com a retirada total ou parcial de seu clítoris. Na África, Oriente Médio e parte do sul da Ásia vivem cerca de 130 milhões de mulheres que foram mutiladas desta forma;

A cada 6 horas uma mulher na Índia é queimada viva, espancada ou motivada ao suicídio – pelo fato das famílias não entrarem em acordo com relação ao dote para o casamento. 

 

(Fonte: Organização das Nações Unidas, tirado em alemão daqui).



 Escrito por Sandra às 23h33

Comente aqui: ou aqui: []

::Amor::

Olhando sob a perspectiva do post abaixo, o seguinte pensamento fica bastante irônico:

Só o amor pode ser dividido infinitamente e ainda assim não diminuir.

Anne Morrow Lindbergh



 Escrito por Sandra às 22h49

Comente aqui: ou aqui: []

::(sEm tÍtUlO)::

Eu já escrevi uma vez que gosto de saber da vida de pessoas que admiro, tais como a Anne Morrow, autora de um dos livros que mais gosto sobre a natureza feminina e as fases da vida de uma mulher, o “Presente do Mar”. Pois é, há um tempo atrás eu tinha ficado sabendo que o maridão dela, o famoso piloto americano Charles Lindbergh a tinha traído enquanto casados e que havia um filho fora do casamento. Hoje pasmei. Li que o 1° filho do casal foi sequestrado e morto, e depois disso Lindbergh teve 4 filhos com ela e mais outros 7 filhos com outras 3 mulheres! As mães de seus filhos são duas irmãs alemãs daqui de Munique e sua secretária pessoal. No artigo comentam que ele acreditava que deveria deixar o máximo de herdeiros possível no mundo e em suas memórias ele descreve ter analisado seu esperma num microscópio e ter sentido a necessidade de reproduzir o máximo possível... Meninas e meninos, vocês sabem com quem dividem suas quatro paredes?!? Aqui um artigo sobre vidas em segredo.

 

P.S.1-Tô morta. Comecei a fazer “Slow Motion Fitness” que é tipo uma ginástica feita super devagar, prestando atenção nos detalhes, na respiração. Feito ioga com pilates. Ouvimos Jack Johnson, mas a ginástica foi de matar. Tudo em mim dói. A promessa é a de queimar gorduras. Vamos ver no que isso vai dar depois de 13 semanas...

 

P.S.2-Eis que um filme alemão ganhou um oscar, o “Das Leben der anderen” (A vida dos outros). O cineasta Florian Henckel von Donnersmarck (nome chique, heim?!), diretor do filme, ficou famoso de um dia pro outro e com seus 33 anos meio que já alcançou tudo o que uma pessoa nesse meio gostaria de alcançar em sua vida. Hoje nos noticiários só se dava notícia do “Florian”, como o chamavam, pois seu sobrenome é longo demais para padrões alemães. O filme parece ser interessantíssimo, pelo menos a página cujo link copiei no nome do filme é super original, feita como se fosse um caderno de folhas batidas à máquina de escrever, um barato mesmo, dá vontade de desvendá-lo. Nao vou perdê-lo de jeito nenhum no cinema! E no mais, dos outros tipo padrão normal Hollywood, alguém recomenda algum outro filme imperdível?

 Escrito por Sandra às 22h29

Comente aqui: ou aqui: []
Meu nome: Sandra
Aniversário: Dia de sorte
Signo: Virgem


Gosto:
De melancia
Laranja
Sol
Viajar
Bater papo
Rodar o mundo

Não Gosto:
De cinza
Monotonia
Chuva

Ouço:
Norah Jones
John Mayer
Marisa Monte
Adriana Calcanhoto
Legiao Urbana
Cazuza
Milton Nascimento
Toquinho e Vinícius
JAZZ
BOSSA NOVA
MÚSICA COM LETRA INTELIGENTE OU BATUQUE BOM =D
MPB

Vejo:
Eu nao sou de ver TV, sou mais de ler e escrever... mas adoro cinema!

Leio:
Vá onde seu coração mandar - Susanna Tamaro
Utta Danella
Paulo Coelho
Geraldo Eustáquio de Souza
Meu perfil
BRASIL , Mulher , de 26 a 35 anos , Portuguese , German , Cinema e vídeo , Informática e Internet , Viagens, Leituras...
MSN -



Histórico
01/04/2008 a 30/04/2008
01/03/2008 a 31/03/2008
01/02/2008 a 29/02/2008
01/01/2008 a 31/01/2008
01/12/2007 a 31/12/2007
01/11/2007 a 30/11/2007
01/10/2007 a 31/10/2007
01/09/2007 a 30/09/2007
01/08/2007 a 31/08/2007
01/07/2007 a 31/07/2007
01/06/2007 a 30/06/2007
01/05/2007 a 31/05/2007
01/04/2007 a 30/04/2007
01/03/2007 a 31/03/2007
01/02/2007 a 28/02/2007
01/01/2007 a 31/01/2007
01/12/2006 a 31/12/2006
01/11/2006 a 30/11/2006
01/10/2006 a 31/10/2006
01/09/2006 a 30/09/2006
01/08/2006 a 31/08/2006
01/07/2006 a 31/07/2006
01/06/2006 a 30/06/2006
01/05/2006 a 31/05/2006
01/04/2006 a 30/04/2006
01/03/2006 a 31/03/2006
01/02/2006 a 28/02/2006
01/01/2006 a 31/01/2006
01/12/2005 a 31/12/2005
01/11/2005 a 30/11/2005
01/10/2005 a 31/10/2005
01/09/2005 a 30/09/2005
01/07/2005 a 31/07/2005
01/06/2005 a 30/06/2005
01/05/2005 a 31/05/2005
01/04/2005 a 30/04/2005
01/03/2005 a 31/03/2005
01/02/2005 a 28/02/2005
01/01/2005 a 31/01/2005
01/12/2004 a 31/12/2004
01/11/2004 a 30/11/2004
01/10/2004 a 31/10/2004
01/09/2004 a 30/09/2004
01/08/2004 a 31/08/2004
01/07/2004 a 31/07/2004
01/06/2004 a 30/06/2004
01/05/2004 a 31/05/2004
01/04/2004 a 30/04/2004
01/03/2004 a 31/03/2004
01/02/2004 a 29/02/2004
01/01/2004 a 31/01/2004
01/12/2003 a 31/12/2003
01/11/2003 a 30/11/2003
01/10/2003 a 31/10/2003
01/09/2003 a 30/09/2003
01/08/2003 a 31/08/2003
01/07/2003 a 31/07/2003
01/06/2003 a 30/06/2003
01/05/2003 a 31/05/2003

Votação
Dê uma nota para meu blog


Outros sites
Pousada Ilha do Sol
Sítio do Ipê Amarelo
Viver na Alemanha
Manual para a Alemanha
Mundo Pequeno
Companhia para Crescer
Warrior of the Light
Karey Lorena
Patilein
Trocando Figurinhas
Zero Grau
UOL
UOL SITES


 


 



Blogs que leio:
Daniel Eisheiliger
Ar de Amor
Consulta Sentimental
Indizível
Trocando Figurinhas
Tricotando



Site Meter