Mineirinha n'Alemanha
Brasil - Deutschland

::Halloween - Dia das Bruxas::

Comemorando o dia, veja fotos da estação, do Daniel e da Taísa aqui.



 Escrito por Sandra às 13h42

Comente aqui: ou aqui: []

::Balacobaco::

Rita Lee / Roberto de Carvalho

Acordo às cinco da matina
Reclamando da rotina
Dou um trato na faxina
Vida dura de heroína
Minha cara de caveira
Vai abrir a geladeira
Esqueci de fazer feira
Vou fuçar lá na lixeira
Uma espinha pro gatinho
Pro cachorro um ossinho
Requentar o cafezinho
E sair apressadinho
Todo dia atrasada
Já estou acostumada
Condução sempre lotada
Vida dura de empregada

Pára o mundo
que eu quero descer
Tem muito vagabundo
atrás do meu jabaculê
A vida é uma sinuca,
mas confio no meu taco
Meu borogodó
é do balacobaco

Minha patroa é estranha
Passa o dia só na cama
O marido bebe grana
A mais velha é piranha
A do meio é patricinha
O mais novo é mocinha
Meu lugar é na cozinha
Vida dura de fuínha
O motorista xavecando
O jardineiro azarando
O porteiro se assanhando
Eu vou logo avisando:
Meu amor é pra quem pode
Quem não pode se sacode
Pode amarrar seu bode
Com a minha cabra
ninguém fode

Pára o mundo
que eu quero descer
Tem muito vagabundo
atrás do meu jabaculê
A vida é uma sinuca, mas
confio no meu taco
Meu borogodó
é do balacobaco


Sirvo a janta e vou embora
Já passou da minha hora
A buzanga que demora
Vem a chuva e piora
Caminhando na calçada
Medo de ser assaltada
Medo de ser sequestrada
Medo de ser estuprada
Sou escrava independente
Ganho menos que indigente
Não posso ficar doente
Amanhã tô no batente
Vou rezar pra Jesus
Aliviar a minha cruz
Meu buraco não tem luz
Vida dura de avestruz

Pára o mundo
que eu quero descer
Tem muito vagabundo
atrás do meu jabaculê
A vida é uma sinuca, mas
confio no meu taco
Meu borogodó
é do balacobaco

Quem traduz o "meu borogodó é do balacobaco"  e "jabaculê" pra mim?  Na minha rotina diária de trabalho e dona-de-casa e mãe me sinto mais ou menos como nesta balada...



 Escrito por Sandra às 20h09

Comente aqui: ou aqui: []

::Mais um pouco de Cabala::

It’s important for you to constantly remember that obstacles are necessities. However, it’s your choice whether they become chaos or opportunities for revealing Light. Do you get the difference? You can wallow in the garbage or triumph in it.

This fulfilled life is so fulfilled because it is edged with lack.

If you’re walking this earth, you’re going to experience moments of lack. But as long as you learn from those moments—and get inspired by them—then you are doing exactly what you asked for so long ago.

“The big picture” rases my awareness of the long-term effects of my actions. I gain the ability to see the spiritual challenges in every moment, before they become the foundations of chaos and crises.

**********************

É importante que você se lembre de que os obstáculos são necessidades. Entretanto, fica sob a sua decisão definir se eles se tornarão caos ou uma oportunidade para revelar a Luz. Você percebe a diferença? Você pode se enfiar de cara no lixo ou pode triunfar sobre ele.

Esta vida realizada só é tão satisfatória porque está sustentada pela falta.

Se você está passando por esta vida, você vai passar por momentos de falta. Mas desde que você aprenda com estes momentos – e obtenha inspiração através deles – então estará fazendo aquilo o que pediu há muito tempo.

“A grande figura” aumenta minha percepção com relação aos efeitos de longo prazo das minhas ações. Eu adquiro a abilidade para perceber os desafios espirituais em cada momento, antes de que eles se tornem a fundação de caos e crises.

Para ler mais (em português), clique aqui.



 Escrito por Sandra às 20h21

Comente aqui: ou aqui: []

::Nichtraucherin - Não fumante::

„Ich bin Nichtraucherin. Und Ärztin. Mein Bruder dagegen ist überzeugter Raucher. Was habe ich ihn gequält mit Weisheiten über die Gefährlichkeit des Nikotins und des Teers. Ich warnte ihn immer wieder, denn ich habe ihn ja sehr lieb. Mit den Jahren habe ich als Medizinerin dazugelernt. Ich weiß heute, dass vieles relativ ist und das, was einem Menschen gut tut, sehr schwer zu beurteilen ist“.

 

„Eu não fumo. E sou médica. Meu irmão, pelo contrário, é fumante inveterado. Eu já enchi o saco dele com minha sabedoria, falando sobre o perigo da nicotina e do alcatrão. Eu já o repreendi muitas vezes, pois o amo. Com o tempo aprendi muito na minha profissão de médica. Eu sei hoje que muita coisa é relativa e é muito difícil de analisar aquilo que faz bem a uma pessoa”.

 

Dr. Susanne von der Heydt, publicado na revista Brigitte 22/2005



 Escrito por Sandra às 17h31

Comente aqui: ou aqui: []

Curiosidades e estatísticas

O Brasil é o 1° país do mundo em consumo de leite condensado. O consumo cresceu 30% nos últimos 10 anos (de 150.000 toneladas em 1994 para 200.000 toneladas em 2004).
* * * * * * * * * * * * * * * * * * * * *
No ano 2050, o Brasil será a quinta maior economia do mundo atrás da China, USA, India e Japão (Wilson & Purushothaman, Goldman Sachs & Co.).



 Escrito por Sandra às 17h20

Comente aqui: ou aqui: []

::Os objetivos mostram o caminho a seguir - Parte 1::

Artigo da revista “Weleda Kinderwelt”, autora Eva Marion Kleber, traduzido/adaptado do alemão para o português por mim.

 

No meio do dia-a-dia comumente nos perdemos entre tantos afazeres e esquecemos de ter um encontro marcado e frequente com a pessoa mais importante do mundo: nós mesmos. É fácil perder o calor e a euforia relacionados a tudo aquilo que realmente queremos para nós. Especialmente mulheres têm este “dom”, pois elas sempre querem deixar as pessoas que amam felizes, distribuindo amor, servindo, ajudando e muitas vezes deixando-se de lado. O sentimento de estar à disposição de outros e de esquecer de si mesmo é um velho conhecido de muitas pessoas, especialmente se elas forem mães.

 

Pra quem é que eu estou fazendo tudo isso? Muitos pais conhecem esta pergunta, e algumas vezes têm que pensar muito até que encontrem uma resposta. Mas como saber se algo faz realmente sentido? Com certeza saberemos disso se conhecermos nossos objetivos, se soubermos o que realmente queremos atingir. Nenhuma empresa teria sucesso se ela não estipulasse objetivos bastante concretos e os seguisse. Quais são então os objetivos que pai e mãe necessitam para a empresa familiar?

 

Quem formula objetivos para uma família pensa, em primeira linha, na educação dos filhos. E neste ponto os pais esquecem seus próprios objetivos. É verdade que quem tem filhos coloca-os em primeiro plano, mas colocá-los em primeiro plano não significa esquecer de si mesmo.

 

Já perguntei pra mim mesma alguma vez o que tenho que fazer para ter o sentimento de que minha vida está equilibrada e satisfatória, para que minha vida se desenvolva de forma autêntica? Como seria se meus desejos se tornassem cada vez mais realidade? E seria possível combinar isso com minha família, meus fillhos? Como é que eu imagino o filme da minha vida?

 

Quando deveríamos estar pensando em nossas próprias vidas, deixamos que outros produtores de cinema ou de televisão apresentem outras vidas que não as nossas e assumimos o papel de espectadores. Pelo menos uma vez por dia nos sentamos de frente para a televisão e assistimos a vida de outras pessoas, ora nos identificamos com elas, ora não. E quando desligamos a telinha nos sentimos vazios por dentro ou de certa forma insatisfeitos mas não conseguimos explicar o por quê. É fácil gastar tempo com a vida de outras pessoas e não com a construção da própria vida. Mas é exatamente isto o mais importante: montar, tijolo por tijolo, a visão daquilo que eu quero para a minha vida. Senão fica difícil que eu me identifique, me sinta confortável com minha própria vida.

 

Mas como enxergar estas visões, estas fotografias daquilo que queremos para nós mesmos? O mundo nos apresenta mil e uma dessas visões: um pôr-do-sol maravilhoso, a imensidão e a diversidade da natureza. E as diferentes culturas criadas pelo homem. Podemos nos lembrar de todas elas, podemos senti-las, cheirá-las, lembrarmos de todas as situações que já vivemos e que nos trazem boas lembranças. Mas mais importante do que isto é transformá-las em fotografias para o futuro, para aquilo que desejamos para nós. E aí vem a pergunta: como espero que minha/nossa vida se desenvolva? Aí nos tornamos co-produtores do filme da nossa própria vida.

 

Mas o que é possível fazer? Logicamente não posso tomar de uma hora para a outra uma decisão individualista e dizer: “a partir de amanhã vou tomar conta só de mim”. O que é necessário são objetivos para que todos os membros da família se desenvolvam. E como é possível criar uma cultura de família de tal forma que ela ative a razão de viver em cada um de seus membros? Para conseguir a sua primeira foto, a sua primeira visão, pergunte para si mesmo: como será minha vida daqui a 10, 15 anos? Para responder esta pergunta você irá precisar de um lugar calmo, um momento tranquilo e com certeza de uma taça de chá ou de café. Tente encontrar a sua resposta sem pensar imediatamente em dinheiro, trabalho ou onde é que você mora no momento. Tente encontrar uma fotografia ou um filminho que traduza os seus objetivos e sua visão pessoal daquilo que deseja para si e para sua família. Para encontrar a resposta, as perguntas a seguir irão ajudá-lo:

 



 Escrito por Sandra às 00h39

Comente aqui: ou aqui: []

::Os objetivos mostram o caminho a seguir - Parte 2::

 

-         Quantas pessoas estão dividindo minha vida comigo?

-         Qual é tamanho da casa onde moro?

-         Com quem convivo no meu dia-a-dia?

-         Como é o meu cotidiano?

-         Quem toma conta das crianças?

-         Quais são as instituições/pessoas que se responsabilizam pelo desenvolvimento das crianças?

-         Quantas pessoas dividem a moradia comigo?

-         Quais são as responsabilidades do pai/da mãe dentro da família e fora dela?

-         Quais são as responsabilidades que podem ser assumidas por outros membros da família ou terceirizadas?

-         O que é que o pai e a mãe necessitam para estarem satisfeitos com suas vidas?

-         O que os filhos deverão aprender para estarem bem preparados para a vida?

-         O que queremos dar para nossos filhos como exemplo? O que esperamos que eles copiem de nós?

 



 Escrito por Sandra às 00h38

Comente aqui: ou aqui: []

::Os objetivos mostram o caminho a seguir - Parte 3::

Depois que você montar este filminho na sua cabeça, pergunte-se qual é o primeiro passo para atingir este objetivo. É importante achar um objeto que seja colocado dentro da sua atual casa e que represente sua visão e seus objetivos para o futuro. Assim sua visão recebe um lugar próprio e um início de vida. Seus objetivos dirão para onde você deve ir. Serão orientação. Eles levarão você a encontrar pessoas e situações que o auxiliarão a alcançá-los. Serão o seu compasso, mostrando para onde você deverá ir.

 

Naturalmente nem tudo o que foi planejado se tornará realidade. Mas uma parte é melhor do que nada. O importante é que eu agora sei o que quero e para onde quero ir. O sentimento de que “eu sei o que é importante para mim” é primordial para que me sinta bem comigo mesma.

 

O que me faz me sentir forte? O que vivenciamos no nosso dia-a-dia de e que podemos guardar como experiências positivas em nossas mentes é o que podemos chamar de substancial em nossas vidas. E esta substância nos deixa fortes, como quando vivenciamos a natureza, como por exemplo durante as férias, na montanha ou na praia, quando nos sentimos “inteiros”, totalmente conosco e interligados com o meio que nos cerca. E em casa: como é bom observar a chaminé ou uma vela, que bem nos faz um passeio pela floresta!

 

Situações que consideramos positivas deixam em nós sentimentos positivos e fotografias (lembranças) bonitas. E se você consegue se lembrar dessas fotos e dessas experiências, conseguirá se sentir novamente “inteiro” em tempos difíceis. E as fotos podem ser um auxílio rumo à concretização dos seus objetivos.

 

Artigo da revista “Weleda Kinderwelt”, autora Eva Marion Kleber, traduzido/adaptado do alemão para o português por mim.



 Escrito por Sandra às 00h36

Comente aqui: ou aqui: []

::O que me faz sentir forte?::

-         Minha família

-         Boas conversas com meus amigos

-         Música

-         Passeios pela natureza

-         Feedback positivo (família, amigos, trabalho)

-         Viajar, conhecer outras pessoas, outras culturas, outros lugares

-         Fotografar

-         Escrever

-         Meus filhos

-         A companhia do Matthias

-         Os bons exemplos dos meus pais, que vivem uma vida da qual eu tenho orgulho

-      O fato de eu ser uma pessoa independente, com trabalho e vida própria

 

 



 Escrito por Sandra às 00h35

Comente aqui: ou aqui: []

::Daniel::

...fez 4 meses dia 10 de outubro e pra comemorar fiz uma seção de fotos com sua irmãzinha e sozinho, mostrando seus avanços. Depois de ver as 5 primeiras fotos, clique também em “ver todas as fotos”. Clique aqui, divirta-se e bom final de semana!



 Escrito por Sandra às 10h05

Comente aqui: ou aqui: []

::Trocando a caipirinha pelo chucrute::

O Ministério das Relações Exteriores do Brasil afirma que a comunidade (brasileira na Alemanha) já chegou a 60 mil imigrantes. Se esses números estiverem corretos, a população de brasileiros na Alemanha pode ser considerada uma das maiores na Europa. Para ler a reportagem completa da "Der Spiegel", traduzida em português, clique aqui.


 Escrito por Sandra às 16h36

Comente aqui: ou aqui: []
Meu nome: Sandra
Aniversário: Dia de sorte
Signo: Virgem


Gosto:
De melancia
Laranja
Sol
Viajar
Bater papo
Rodar o mundo

Não Gosto:
De cinza
Monotonia
Chuva

Ouço:
Norah Jones
John Mayer
Marisa Monte
Adriana Calcanhoto
Legiao Urbana
Cazuza
Milton Nascimento
Toquinho e Vinícius
JAZZ
BOSSA NOVA
MÚSICA COM LETRA INTELIGENTE OU BATUQUE BOM =D
MPB

Vejo:
Eu nao sou de ver TV, sou mais de ler e escrever... mas adoro cinema!

Leio:
Vá onde seu coração mandar - Susanna Tamaro
Utta Danella
Paulo Coelho
Geraldo Eustáquio de Souza
Meu perfil
BRASIL , Mulher , de 26 a 35 anos , Portuguese , German , Cinema e vídeo , Informática e Internet , Viagens, Leituras...
MSN -



Histórico
01/04/2008 a 30/04/2008
01/03/2008 a 31/03/2008
01/02/2008 a 29/02/2008
01/01/2008 a 31/01/2008
01/12/2007 a 31/12/2007
01/11/2007 a 30/11/2007
01/10/2007 a 31/10/2007
01/09/2007 a 30/09/2007
01/08/2007 a 31/08/2007
01/07/2007 a 31/07/2007
01/06/2007 a 30/06/2007
01/05/2007 a 31/05/2007
01/04/2007 a 30/04/2007
01/03/2007 a 31/03/2007
01/02/2007 a 28/02/2007
01/01/2007 a 31/01/2007
01/12/2006 a 31/12/2006
01/11/2006 a 30/11/2006
01/10/2006 a 31/10/2006
01/09/2006 a 30/09/2006
01/08/2006 a 31/08/2006
01/07/2006 a 31/07/2006
01/06/2006 a 30/06/2006
01/05/2006 a 31/05/2006
01/04/2006 a 30/04/2006
01/03/2006 a 31/03/2006
01/02/2006 a 28/02/2006
01/01/2006 a 31/01/2006
01/12/2005 a 31/12/2005
01/11/2005 a 30/11/2005
01/10/2005 a 31/10/2005
01/09/2005 a 30/09/2005
01/07/2005 a 31/07/2005
01/06/2005 a 30/06/2005
01/05/2005 a 31/05/2005
01/04/2005 a 30/04/2005
01/03/2005 a 31/03/2005
01/02/2005 a 28/02/2005
01/01/2005 a 31/01/2005
01/12/2004 a 31/12/2004
01/11/2004 a 30/11/2004
01/10/2004 a 31/10/2004
01/09/2004 a 30/09/2004
01/08/2004 a 31/08/2004
01/07/2004 a 31/07/2004
01/06/2004 a 30/06/2004
01/05/2004 a 31/05/2004
01/04/2004 a 30/04/2004
01/03/2004 a 31/03/2004
01/02/2004 a 29/02/2004
01/01/2004 a 31/01/2004
01/12/2003 a 31/12/2003
01/11/2003 a 30/11/2003
01/10/2003 a 31/10/2003
01/09/2003 a 30/09/2003
01/08/2003 a 31/08/2003
01/07/2003 a 31/07/2003
01/06/2003 a 30/06/2003
01/05/2003 a 31/05/2003

Votação
Dê uma nota para meu blog


Outros sites
Pousada Ilha do Sol
Sítio do Ipê Amarelo
Viver na Alemanha
Manual para a Alemanha
Mundo Pequeno
Companhia para Crescer
Warrior of the Light
Karey Lorena
Patilein
Trocando Figurinhas
Zero Grau
UOL
UOL SITES


 


 



Blogs que leio:
Daniel Eisheiliger
Ar de Amor
Consulta Sentimental
Indizível
Trocando Figurinhas
Tricotando



Site Meter