Mineirinha n'Alemanha
Brasil - Deutschland

::Visita::

Lendo o blog da Sílvia, eu também gosto de visita, só me sinto mal se a casa está desarrumada. Se bem que descobri uns produtos excelentes e por isso ando bem animada com limpeza e também com um processo de energização do meu apê. Hoje passamos o dia arrumando o quarto da Taísa, ficou excelente, mas eu e mamãe agora estamos mortas de tanto separar, arrumar, limpar, classificar... Ainda sobre visita, vocês acreditam que uma colega minha de trabalho ganhou neném e avisou que ninguém deveria ir visitá-la agora, só mais pra frente e só avisando o marido com antecedência? Mania de alemão de querer regulamentar tudo, até o mais normal da vida que deveria ser uma visita entre pessoas amigas ou conhecidas.

 

Sobre o Daniel: hoje estive no ginecologista e estou com 3 cm de abertura, a dilatação não avançou muito da semana passada para esta semana. Ainda na espera! Os amigos já começaram a ligar e a ficar perguntando, mas até agora nada. Continuamos esperando, pacientemente. Uns mais, outros menos...



 Escrito por Sandra às 19h21

Comente aqui: ou aqui: []

::Hedonismo e espera::

O espírito de cada década
Os valores que marcaram o Brasil e o mundo nos últimos 40 anos
Anos 60
Prevalece a idéia do coletivo. Na cultura e nas artes, os reflexos são o paz e amor dos hippies, o pop e o black power
Anos 70
O sentido de comunidade ganha força. Os direitos das minorias tornam-se o centro das atenções. Há proliferação de grupos e movimentos de defesa de negros, mulheres, gays, exilados e da ecologia
Anos 80
Cada pessoa vale tanto quanto seu sucesso ou sua conta bancária. A moda é ser workaholic. O consumo, mais que um prazer, é uma forma de conquistar identidade e se inserir socialmente
Anos 90
Reação ao yuppismo. Preocupação intensa com o relacionamento interpessoal. Atecnologia passa a ser vista como uma maneira de facilitar o dia-a-dia. Dinheiro não é um objetivo em si, mas um meio de conquistar conforto
Anos 2000
As novas estruturas familiares, a decepção do indivíduo com o Estado e a carga excessiva de trabalho reforçam o individualismo e geram uma mentalidade hedonista. Busca-se uma existência agradável, construída dia a dia, a partir de uma nova relação com o trabalho, o consumo e o lazer. Valorização da casa, da família, dos amigos e de pequenos prazeres cotidianos

Reportagem da Época de 18.02.02.

Vivemos a época do hedonismo. E aqui em casa, hedonismo com um misto de paciência e longa espera pela chegada do Daniel, que está adorando ficar na minha barriga com este calorão que se instalou nesses últimos dias pelas terras germânicas... O calor está beirando os 30 graus, mas como não venta, sentimos como se estivéssemos à beira dos 40 graus! Haja garrafa de água, sorvete, ducha, meia Kendall e muito suor!!!



 Escrito por Sandra às 20h16

Comente aqui: ou aqui: []

::Na espera...::

"O Futuro

Amanhã chegará?
Se chegar, eu vou.
Se esperar, já passou.
Se procurar, nunca entrará.
O futuro está tão próximo!
E assim ficará, eternamente.
É o que nunca está aqui e sempre muda.
Nunca vem, mas sempre passa
E você não sente.
Sempre ali e sempre ausente.”

Obrigada, João, pelo poema acima! Quem é seu autor?



 Escrito por Sandra às 07h33

Comente aqui: ou aqui: []

::Nossa!::

Fiquei toda emocionada ao ler tantas palavras de carinho nos comentários do último post. É amor virtual mesmo! Obrigada!!! As contrações vêem e vão, ontem na consulta o ginecologista disse que tenho de 2-3 cm de abertura, mas o Daniel está fazendo suspense quanto à data concreta de sua chegada… Enquanto isso, vamos arrumando a casa para recebê-lo, bem no estilo Feng Shui mesmo: tirar o velho para dar lugar lugar ao novo! Um beijão pra vocês e mais uma vez obrigada pelo carinho!



 Escrito por Sandra às 09h07

Comente aqui: ou aqui: []

::Contrações::

O neném continua aqui no barrigão, firme e forte. Mas as contrações já começaram desde ontem... logo ele estará aqui do lado de fora!!! Amanhã é dia de lua cheia, quem sabe?!?

 

::Papai e mamãe::

 

Papai e mamãe se sentem super em casa quando estão aqui. Vão à missa sozinhos, compram pães na padaria e até balinhas pra Taísa sozinhos, se viram no supermercado.. Mesmo falando pouco alemão. Eles adoram a região aqui do lago de Constança e nós adoramos quando eles estão aqui, pois não incomodam nem um pouquinho, muito pelo contrário, ajudam muito. Dá o maior prazer tê-los aqui em casa e por mim, eles poderiam morar conosco. Pena a distância ser tao grande! Mas o presente de tê-los pertinho é bom demais!!!!

 

::Curso de integração::

 

No final das contas o curso de integração tem sido super interessante e tenho aprendido bastante sobre a Alemanha e a situação do estrangeiro aqui. Tem valido a pena, isso é importante. Recomendo, pois ele é o curso preparatório para a prova necessária para requerer a cidadania alemã.

 

::Intreessnate::

 

Veajm como é intreessnate nsoso céerbro:
De aorcdo com uma pqsieusa de uma uinrvesriddae ignlsea, não ipomtra emqaul odrem as lrteas de uma plravaa etãso, a úncia csioa iprotmatne é que a piremria e utmlia lrteas etejasm no lgaur crteo. O rseto pdoe ser uma bçguana ttaol que vcoê pdoe anida ler sem pobrlmea. Itso é poqrue nós não lmeos cdaa lrtea isladoa, mas a plravaa cmoo um tdoo.



 Escrito por Sandra às 11h23

Comente aqui: ou aqui: []

::Brasil é o 51º lugar no ranking de igualdades entre homens e mulheres::

O Fórum Econômico Mundial divulgou nesta segunda-feira uma pesquisa inédita sobre as desigualdades sociais entre homens e mulheres. De 58 países analisados, o Brasil ficou com a 51ª posição, atrás da Argentina, que ocupa o 35º lugar.

Cinco áreas consideradas críticas foram estudadas considerando os padrões do Fundo das Nações Unidas para as Mulheres (Unifem): participação econômica (remuneração); oportunidades econômicas; presença em cargos decisórios, inclusive na política; acesso à educação e saúde e bem-estar.

Os países nórdicos, que ocupam os cinco primeiros lugares da pesquisa, sendo que a Suécia ficou em 1° lugar, são seguidos pela Nova Zelândia (6º lugar) Canadá (7º), Reino Unido ( 8º), Alemanha (9º) e Austrália (10º), países que conquistaram avanços significativos na área nas últimas décadas.

A França foi relacionada em 13º lugar, à frente dos EUA, que ficou com a 17ª colocação entre os 58 países estudados. Sete nações do Leste Europeu ficaram entre as 25 primeiras, com a Latvia, Lituânia e Estônia liderando o grupo, no 11º, 12º e 15º lugares, respectivamente.

Segundo o levantamento, o país mais bem posicionado na América Latina, é a Costa Rica, que aparece em 18º lugar, seguido de longe pela Colômbia, que está na 30ª posição.

De acordo com os itens analisados, o Brasil conseguiu melhor colocação em oportunidades econômicas, ficando em 21º lugar, mas a participação de mulheres em cargos decisórios deixou o país em 57º do ranking.



 Escrito por Sandra às 09h00

Comente aqui: ou aqui: []

::Curso de integração e tulipas::

Como eu tenho todo o tempo do mundo, me inscrevi para fazer o curso de integração oferecido pelo governo alemão, que consta de 30 horas e trata de assuntos como costumes, geografia, política, leis e organização da sociedade alemã. O curso é grátis e o material oferecido (um fichário de alta qualidade constando de 15 capítulos) é bastante interessante. Na minha sala tem gente da Turquia, Sri Lanka, Algéria, Romênia, Afeganistão, África do Sul e Hungria. Mas… uma grande parte dessas pessoas não fala alemão e se tem que responder alguma pergunta, o faz em inglês… Fiquei pensando que o pré-requisito para fazer esse curso deveria ser ter participado do curso de idioma em si, que também é oferecido pelo governo e consta de 600 horas. Do jeito que esse curso está sendo feito agora, é bastante desmotivante para a maioria dos participantes, e acaba virando um curso de “desintegração”! Tanto é que muitos dos participantes não tem nenhum conhecido ou amigo alemão e vive aqui mantendo seus costumes trazidos de casa. Falar com eles de “Spätzle” (macarrão típico da região), “Schwäbisch” (um dos dialetos da região) ou “Musterländle” (denominação dada ao estado onde moro, por ser um bom protótipo da Alemanha) é, na minha opinião, covardia.

 

Amanhã meus pais chegam!!! E para que a mamãe ganhe flores atrasadas de Dias das Mães e ainda possa cheirar e ver umas tulipas nesta estação (já que as dos jardins das ruas da cidade já estão bem acabadinhas), comprei um bouquet pra ela pela internet que acabou de chegar e é lindinho !…. Espero que ela goste! Eu adorei e o Tigre já cheirou todas as flores, uma por uma!



 Escrito por Sandra às 11h50

Comente aqui: ou aqui: []

::Playmobil x Barbie::

Taísa tem uma super fixação por tudo o que é dela, é possessiva ao máximo dos máximos. E não importa o quê. Ai de mim se ela der uma passada perto do lixo e achar um mísero papelzinho dela que eu tenha jogado fora. E se ela descobrir que alguma coisa “sumiu” do seu quarto. Eu e Matthias brincamos que, quando adulta, ela só vai conseguir entrar dentro de casa por um caminho fino entre todas as bujingangas que ela tiver juntado por todos os cantos da casa, bem “messie” mesmo. Bom, mas agora as Barbies já não são mais interessantes, ela já passou pela fase Lego, pela fase Polly Pocket e agora alcançou a fase Playmobil. Semana retrasada comprei uma fazenda do Playmobil num leilão do ebay e ela me intimou até pra ligar pra ela no Hort (casa ao lado da escola onde ela fica de tarde pra almoçar, fazer Para Casa e brincar) pra avisar quando o brinquedo chegasse. Bom, teve um feriado semana passada e o brinquedo acabou chegando só no sábado. Ela quase morreu de esperar. Um dia antes eu e ela estávamos arrumando seu quarto e aconteceu o inesperado: ela tomou a decisão de vender suas Barbies para ter dinheiro pra comprar mais Playmobil. E tem mais: conseguiu analisar uma montanha de papéis, dentre bilhetinhos, desenhos feitos e presenteados, e decidiu jogar mais da METADE fora. Sinal dos tempos. Para uma feroz escorpiã foi um verdadeiro ato de bravura. E logo no sábado todas as suas Barbies já estavam em leilões do ebay. Com assistência direta dela antes de tirar as respectivas fotos, pra não deixar que a mãe cometesse a loucura de colocar uma Barbie mais chique no grupo das roupas menos chiques, ou juntar uma calça ou um vestido a um grupo de Barbies com menores sinais de bulimia, pra tudo ficar combinante. Agora é só esperar o resultado das vendas, e torcer pra dar uma graninha boa. E, lógico, passar a grana pra ela, pra ela efetuar suas novas compras. 3-2-1-meu! (slogan do ebay daqui).



 Escrito por Sandra às 08h29

Comente aqui: ou aqui: []

::Mãe Moderna::

 

Do blog Mothern (Mother + modern) que virou livro. Vou fazer uma propagandazinha porque afinal as autoras também são de Beagá!

 

É difícil, sim. Cansa, sim. Dá trabalho, sim. Mas existem centenas de motivos para, ainda assim, valer a pena ser mothern. Aí vão alguns deles:
. para ser a pessoa mais importante na vida de uma criança;
. para ver seu corpo mudar de forma e gerar outra pessoa;
. para ficar horas na seção infantil da C&A;
. para ficar horas e horas na seção infantil da Zara;
. para deixar de ser criança;
. para descobrir que a sua capacidade de amar é muito maior do que você imagina;
. para entender melhor a sua mãe;
. para ouvir alguém te chamar de mãe;
. para ver de perto uma criança crescendo;
. para ficar mais generosa;
. para ter um motivo pra escorregar no toboágua;
. para o seu casamento passar por uma prova de fogo;
. para mudar de prioridades;
. para comprar o enxoval;
. para escolher o nome;
. para ver alguém bem parecido com você;
. para descobrir seus dotes de cantora, atriz e fotógrafa;
. para alterar completamente seu relógio biológico;
. para não passar o domingo vendo televisão;
. para pagar menos no seguro do carro;
. para parar de se preocupar com a arrumação da casa;
. para ver seu peito dar leite;
. para viver a experiência de quem pôs silicone, sem passar pelo bisturi;
. para encher a casa;
. para parar de encher a cara;
. para catar piolho;
. para ir ao zoológico;
. para aprender o que é molusco e exantema súbito;
. para entender de futebol;
. para voltar a brincar de boneca;
. para se interessar por pedagogia;
. para fazer novos amigos;
. para entender melhor este blog;
. para conhecer a pessoa mais linda que você já viu no mundo;
. para aumentar o número de pessoas fofas no mundo.
(Ju e Laura.)



 Escrito por Sandra às 08h08

Comente aqui: ou aqui: []

::Daniel::

...já está com 2.950 gramas (mais pesado que a Taísa, que nasceu com 2.900 gramas) e a circunferência de sua cabeça mede 30,5 cm. Engordei até agora, ao todo, 9,5 quilos. Tudo ok segundo o ginecologista e a parteira, de quem recebi hoje mais uma sessão de acupuntura e massagem. Ah, como vou sentir falta desses encontros às terças-feiras com minha parteira!



 Escrito por Sandra às 18h14

Comente aqui: ou aqui: []

::Birke, pássaros, Tigre, internet e livros::

BirkeEssa experiência de ficar sozinha, eu e eu, durante todos os dias da semana, não deixa de ser interessante e gratificante. Sozinha não, eu e o Daniel estamos juntos. Enquanto ele se mexe, dorme, vira, soluça e se prepara para vir ao mundo, eu leio, viajo nos pensamentos, aprendo, penso, sinto, reflito, escrevo… E por aí vai. Meus companheiros são as árvores lá de fora, principalmente uma “Birke” (vidoeiro ou betula alba) à esquerda daqui de casa, que por curiosidade significa fecundidade e parece ser uma árvore um tanto mística. Os passarinhos da primavera, que já começam a cantar às 5 horas da manhã e me acompanham nas madrugadas em que não posso dormir (que, felizmente, não têm sido muitas).  O Tigre, nosso gato, que é totalmente zen, um verdadeiro Buda, feliz e contente de ser membro dessa família um tanto quanto doida, absolutamente sem horários, calma, na dela, unida mas livre. A internet, como não poderia deixar de ser, porta de contato com o mundo exterior. E livros, livros, livros…

 

E assim o tempo vai passando, inacreditavelmente rápido, inexorável. No sábado agora meus pais já estarão aqui. E aí serão só mais alguns dias até o grande dia… Não deixo de ter uma pontinha de preocupação, mas estou bem e em harmonia comigo mesma.



 Escrito por Sandra às 09h25

Comente aqui: ou aqui: []

::Comemoração de 60 anos do fim da Segunda Guerra Mundial (8 de maio de 1945 – 8 de maio de 2005)::

Parte da reportagem da Época desta semana

 

Depois de décadas marcada pelo estigma nazista, aliada do jogo político internacional e proibida durante anos de ter exércitos em forças multinacionais, a Alemanha virou o jogo. É hoje uma democracia sólida, reconhecida e respeitada por seus vizinhos, com tropas em missão de paz espalhadas pelo mundo e chances reais de finalmente ganhar uma cadeira permanente no Conselho de Segurança da ONU.

Por que há, então, um travo amargo na festa? Tudo mostra que seis décadas não foram suficientes para digerir o passado nazista. O Holocausto é um peso impossível de tirar dos ombros. E a forma com a qual os alemães lidam com esse peso mudou muito ao longo dos anos.

''Os alemães parecem estar moral e politicamente comprometidos a encarar sua história de maneira crítica'', disse a ÉPOCA Heinrich August Winkler, professor da Universidade Humboldt. Todos os anos são produzidas toneladas de livros, horas de documentários e filmes e organizados incontáveis debates sobre o nazismo. Há monumentos e museus por todos os lados homenageando as vítimas e lembrando os crimes de Hitler. E não é à toa que as ruas próximas do local onde ficava a chancelaria do Führer em Berlim - destruída pelos aliados - tenham recebido nomes como Jerusalemerstrasse ou Hannah-Arendt-Strasse, lembrando locais e personalidades da história judaica. Faz-se de tudo para expiar a culpa.

Há quem considere o debate atual excessivo. A Alemanha de 2005 é habitada por duas gerações nascidas depois da guerra, mas nem os mais jovens são capazes de afirmar que a herança do Nacional-Socialismo foi totalmente superada. ''Sei que não tenho culpa pelo que aconteceu'', desabafa a estudante Susi Maurer, de 17 anos, da cidade de Karlsruhe. ''Mas é estranho, me sinto culpada de alguma forma. Tenho vergonha de cantar o hino ou de torcer pela seleção num jogo de futebol.'' É um fardo pesado para uma adolescente tão jovem que não se lembra nem mesmo do Muro. ''Enquanto os franceses, ingleses e americanos podem louvar seus países sem medo, aqui o nacionalismo passou a ser visto como uma doença social, uma mentalidade que leva à catástrofe'', explica o historiador Winkler.

''Temo que os efeitos sejam contraproducentes'', diz Hermann Simon, diretor do Centrum Judaicum, fundação que administra a Nova Sinagoga de Berlim. Simon resume: ''Todos os alemães têm a responsabilidade de lembrar o que aconteceu. Mas quem não era nascido naquele tempo não tem culpa de nada''.



 Escrito por Sandra às 07h59

Comente aqui: ou aqui: []

::Feliz dia das mães::

Feliz Dia das Mães

Ia procurar uma imagem bonitinha para desejar para todas as mães de plantão, para todas as vovós e todas as futuras mamães um excelente dia, mas o Google me facilitou a procura. Fico com este pequeno sinal de carinho virtual. Muitas flores, muito amor e muito carinho pra todas vocês!!!!



 Escrito por Sandra às 19h51

Comente aqui: ou aqui: []

::Dia dos pais::

Hoje é dia dos pais aqui na Alemanha e dia 8 é dia das mães. O jornal da cidade está lotado de parabéns para ambas as partes. A Taísa preparou presentinhos feitos por ela mesma para mim e para o pai. O que é um simples ato de carinho das crianças para com seus pais iniciado pelos professores, pode se tornar um grande problema no caso de pais ausentes como no caso do meu ex. Felizmente, e inacreditavelmente depois de 4 (!) anos sem se encontrar oficialmente com a filha, ele veio aqui buscá-la e passou algumas horas com ela, saciando sua vontade de vê-lo, de conhecer seu apartamento, de matar um pouquinho as saudades. Que bom, fiquei muito, muito feliz por ela!

 

P.S.-Minhas pernas desincharam bastante. Ontem só fiz ir ao banheiro, hoje já estou normal de novo! O chá e as massagens surtiram efeito.



 Escrito por Sandra às 11h10

Comente aqui: ou aqui: []

::Iinchaço nas pernas::

Bom, minhas pernas estão inchando a uma velocidade inacreditável. Antes de ontem uma amiga fez um banho de água fria nas minhas pernas e ontem a parteira fez uma massagem, começando da sola do pé e indo até debaixo dos seios, recomendando que o Matthias a repita pra mim todos os dias, além de eu ter passado pela segunda sessão de acupuntura, da qual gostei muito! Hoje ao levantar coloquei bravamente as meias elásticas, que tinha deixado um pouco de lado pela comodidade e pelo calor. Dei uma lida sobre o assunto e a visão da coisa é um diferente entre Brasil e Alemanha. Aqui, acredita-se que o inchaço das pernas também tem a haver com estresse, além de ser um problema de saúde em si, e recomendam muita coisa natural para lidar com o inchaço como por exemplo tomar muito chá, fazer banhos nos pés, comer batata cozida com casca pra tentar retirar a água do corpo. Além disso recomendam caminhadas e muita paz, muito descanso… Já nos sites do Brasil, o problema é visto só como um problema de saúde e portanto é tratado assim também. Dos sites que li, gostei desse aqui. Ah, e lá achei também uma listinha com cantigas de roda. Gostei e cantei pro Daniel. Beijo pro’cês, vou me deitar e colocar as pernas pra cima!



 Escrito por Sandra às 03h20

Comente aqui: ou aqui: []

::

Elf Minuten von Paulo Coelho, Maralde Meyer-Minnemann, Maralde Meyer- MinnemannComecei a ler o livro "Onze Minutos" do Paulo Coelho hoje às 3h da madrugada, quando não conseguia mais dormir. No meio do livro, já na página 169 (que página sugestiva para um livro que trata de sexo, não é verdade?) saí nas ruas da cidade em busca de comida, paz, sol, de um momento de reflexão. Pensei que deveria escrever sobre minha história, mas talvez não tenha achado ainda as palavras certas para tal, talvez ainda não tenha chegado o momento certo. Saboreei os primeiros raios do sol da manhã, o canto dos pássaros, dei uma chegada na igreja da cidade, que se encontrava fechada. Na porta, uma estátua de Jesus Cristo, cheio de flechas por todo o corpo (isso doeu na minha alma). Voltei à leitura, dormi, continuei lendo e agora às 22h30 acabei de ler o livro. Devo dizer que eu tinha um pouco de preconceito com relação a ele, pelo fato de tratar da estória de uma prostituta brasileira, por falar de sexo e por eu considerar este um tema muito complicado e difícil para que o Paulo Coelho não caísse em estereótipos comuns. Mas não, adorei o livro (afinal nem preciso dizer, pois o li numa velocidade enorme). Ele trata do sexo pago para falar do sexo espiritual, do sexo sem sentido e, em contraposição, ao sexo com muito sentido, fala da união das almas através do sexo, expressão do amor.

 

Por falar em alma, uma pergunta que vem me intrigando nas últimas semanas: qual é a diferença entre alma e espírito, alguém saberia me explicar?

 

Pensei hoje também em terminar esse blog e continuar só o do Daniel. Vou pensar no assunto mais a fundo. Por hoje é só. Uma boa semana pra vocês e muita luz! 

 

TUDO TEM SEU TEMPO

(Eclesiastes, cap. 3o.; ver. 1o. e 8o.)

Tudo neste mundo tem seu tempo determinado

Há tempo para todo propósito debaixo do céu

  tempo de nascer e tempo de morrer
Tempo de plantar e tempo de arrancar

Tempo de matar e tempo de curar
Tempo de derrubar e tempo de construir

Há tempo de ficar triste e tempo de se alegrar
Tempo de chorar e tempo de dançar
Tempo de espalhar pedras e tempo de ajuntá-las
Tempo de abraçar e tempo de afastar

Há tempo de procurar e tempo de perder
Tempo de economizar e tempo de desperdiçar
Tempo de rasgar e tempo de remendar
Tempo de ficar calado e tempo de falar

Há tempo de amar e tempo de odiar
Tempo de guerra e tempo de paz!


 Escrito por Sandra às 16h49

Comente aqui: ou aqui: []
Meu nome: Sandra
Aniversário: Dia de sorte
Signo: Virgem


Gosto:
De melancia
Laranja
Sol
Viajar
Bater papo
Rodar o mundo

Não Gosto:
De cinza
Monotonia
Chuva

Ouço:
Norah Jones
John Mayer
Marisa Monte
Adriana Calcanhoto
Legiao Urbana
Cazuza
Milton Nascimento
Toquinho e Vinícius
JAZZ
BOSSA NOVA
MÚSICA COM LETRA INTELIGENTE OU BATUQUE BOM =D
MPB

Vejo:
Eu nao sou de ver TV, sou mais de ler e escrever... mas adoro cinema!

Leio:
Vá onde seu coração mandar - Susanna Tamaro
Utta Danella
Paulo Coelho
Geraldo Eustáquio de Souza
Meu perfil
BRASIL , Mulher , de 26 a 35 anos , Portuguese , German , Cinema e vídeo , Informática e Internet , Viagens, Leituras...
MSN -



Histórico
01/04/2008 a 30/04/2008
01/03/2008 a 31/03/2008
01/02/2008 a 29/02/2008
01/01/2008 a 31/01/2008
01/12/2007 a 31/12/2007
01/11/2007 a 30/11/2007
01/10/2007 a 31/10/2007
01/09/2007 a 30/09/2007
01/08/2007 a 31/08/2007
01/07/2007 a 31/07/2007
01/06/2007 a 30/06/2007
01/05/2007 a 31/05/2007
01/04/2007 a 30/04/2007
01/03/2007 a 31/03/2007
01/02/2007 a 28/02/2007
01/01/2007 a 31/01/2007
01/12/2006 a 31/12/2006
01/11/2006 a 30/11/2006
01/10/2006 a 31/10/2006
01/09/2006 a 30/09/2006
01/08/2006 a 31/08/2006
01/07/2006 a 31/07/2006
01/06/2006 a 30/06/2006
01/05/2006 a 31/05/2006
01/04/2006 a 30/04/2006
01/03/2006 a 31/03/2006
01/02/2006 a 28/02/2006
01/01/2006 a 31/01/2006
01/12/2005 a 31/12/2005
01/11/2005 a 30/11/2005
01/10/2005 a 31/10/2005
01/09/2005 a 30/09/2005
01/07/2005 a 31/07/2005
01/06/2005 a 30/06/2005
01/05/2005 a 31/05/2005
01/04/2005 a 30/04/2005
01/03/2005 a 31/03/2005
01/02/2005 a 28/02/2005
01/01/2005 a 31/01/2005
01/12/2004 a 31/12/2004
01/11/2004 a 30/11/2004
01/10/2004 a 31/10/2004
01/09/2004 a 30/09/2004
01/08/2004 a 31/08/2004
01/07/2004 a 31/07/2004
01/06/2004 a 30/06/2004
01/05/2004 a 31/05/2004
01/04/2004 a 30/04/2004
01/03/2004 a 31/03/2004
01/02/2004 a 29/02/2004
01/01/2004 a 31/01/2004
01/12/2003 a 31/12/2003
01/11/2003 a 30/11/2003
01/10/2003 a 31/10/2003
01/09/2003 a 30/09/2003
01/08/2003 a 31/08/2003
01/07/2003 a 31/07/2003
01/06/2003 a 30/06/2003
01/05/2003 a 31/05/2003

Votação
Dê uma nota para meu blog


Outros sites
Pousada Ilha do Sol
Sítio do Ipê Amarelo
Viver na Alemanha
Manual para a Alemanha
Mundo Pequeno
Companhia para Crescer
Warrior of the Light
Karey Lorena
Patilein
Trocando Figurinhas
Zero Grau
UOL
UOL SITES


 


 



Blogs que leio:
Daniel Eisheiliger
Ar de Amor
Consulta Sentimental
Indizível
Trocando Figurinhas
Tricotando



Site Meter