Mineirinha n'Alemanha
Brasil - Deutschland

::Sapatos::

Levantou-se pela manhã cheio de gosto
E saiu peregrinar numa aventura
Sem destino predisposto
Seguindo os impulsos de sua loucura

Visitou lugares remotos e insólitos
Subiu montanhas e atravessou rios
Passou por campos e vales bucólicos
E enfrentou os percalços com muito brio

Entrou em museus e galerias
Descansou em parques e templos
Intermináveis ascensos em escadarias
Andou em ônibus, aviões e metrôs

Sentiu a aridez do deserto e o calor do mar
O frio da neve e a humidade dos trópicos
Estava sempre pronto para continuar
Pois adorava tudo por ser eclético

Eternas palavras de agredecimento
Escrevo para ti com todo carinho
Sapatos, companheiro de todos os momentos
Que não sois mais sapatos, sois caminho.
(Tadany Cargnin dos Santos – 16 09 04)



 Escrito por Sandra Santos às 17h18

Comente aqui: ou aqui: []

::Verdadeiro amor::

Recebi através do Orkut  - tão lindinho!:

 

Um senhor de idade chegou a um consultório médico, para fazer um curativo em sua mão onde havia um profundo corte.
E muito apressado pediu urgência no atendimento, pois tinha um compromisso.
 
O médico que o atendia, curioso perguntou o que tinha de tão urgente para fazer.
O simpático velhinho lhe disse que todas as manhãs ia visitar sua esposa que estava em um abrigo para idosos, com mal de alzaimer muito avançado.
O médico muito preocupado com o atraso do atendimento disse:
-Então hoje ela ficará muito preocupada com sua demora?
No que o senhor respondeu:
-Não, ela já não sabe quem eu sou. A quase cinco anos que não me reconhece mais.
O médico então questionou:
- Mas então para que tanta pressa, e necessidade em estar co m ela todas as manhãs, se ela já não o reconhece mais?
O velhinho então deu um sorriso e batendo de leve no ombro do médico respondeu:
-Ela não sabe quem eu sou..Mas eu sei muito bem quem ela é!
 
O médico teve que segurar suas lágrimas enquanto pensava...
..É esse o tipo de Amor que quero para minha vida.
 
O verdadeiro AMOR, não se resume ao físico, nem ao romântico.
O verdadeiro AMOR, é aceitação de tudo que o outro é...
De tudo que foi um dia... do que será amanhã.. e do que já não é mais!



 Escrito por Sandra Santos às 19h08

Comente aqui: ou aqui: []

::Jean Paul Sartre e Simone de Beauvoir::

Simone de Beauvoir und Jean-Paul SartreAcabo de ler um livro incrível sobre a vida dos dois intelectuais, filósofos, comunistas e escritores que viveram juntos por mais de 50 anos como par, mas sem serem casados e sem nunca terem vivido numa mesma casa. Logo no início da relação eles fizeram um pacto de que se viam como par mas não queriam se intrometer na liberdade do outro, em todos os aspectos. Assim nasceram outros amores na vida de ambos, às vezes divididos tanto por ele, quanto por ela, como no caso de Olga Kosakiewicz. Às vezes Simone de Beauvoir amou mulheres, às vezes homens e só veio a descobrir o verdadeiro sabor do orgasmo com um outro homem, o escritor americano Nelson Algren, uma vez que com Sartre nunca tinha se satisfeito sexualmente e apesar de terem continuado como casal, passaram vários anos sem transar um com o outro. O mais interessante é que Sarte e de Beauvoir viveram vidas paralelas e dividiram idéias, a leitura dos textos que escreviam, às vezes amantes e assim foram passando por fases parecidas ao longo de suas vidas. Durante cinco anos ele levou uma paixão além do Atlântico e se apaixonou perdidamente por outra mulher francesa que morava nos EUA, enquanto que pouco depois Simone de Beauvoir se apaixonou pelo americano Algren. Assim, às vezes ela deixava Paris para que a sua rival entrasse na vida de Sartre e tentasse tomar seu lugar. Simone chegou a ter a iniciativa de conhecê-la pessoalmente. Mais ou menos na mesma época o amor “extra-conjugal” dos dois chegou ao fim, sendo que um deu, como sempre, apoio ao outro. Pouco tempos depois, Simone iniciou outro romance com Claude Lanzmann, e eles chegaram a morar juntos durante dois anos. Já na velhice, tanto Sartre quanto de Beauvoir adotaram duas mulheres mais jovens, que provavelmente também vieram a se tornar suas amantes, para que tomassem conta de suas obras. Uma última e grande coincidência foi que Sartre morreu no dia 15.04.80 e de Beauvoir seguiu Sartre seis anos mais tarde, também no dia 15.04.86, com algumas horas de diferença para a morte de seu companheiro de vida.

 

::Beauvoir = Beaver (castor)::

 

Sartre dizia “vous” para Simone (senhora), nunca chegou a tratá-la pela 2a. pessoa “tu”. Ele a chamava carinhosamente de Castor. Antes dele, outro amigo já tinha feito a associação de que Beauvoir era um beaver, um castor. Coincidências da vida que se repetem mesmo um coadjuvante não tenha nada a haver com o outro, em outras épocas e em outras circunstâncias.

 

::Quebra de padrões::

 

Simone de Beauvoir quis quebrar padrões – e conseguiu – ao longo dos anos. Na sua época uma mulher tinha que se casar e ter filhos para ser considerada normal. Ela preferiu ser professora e escritora, ser independente e amar várias pessoas de vários sexos diferentes durante sua vida. Ela viveu a maior parte de sua vida adulta em hotéis ou em cafés, evitando as atividades de dona-de-casa. Ela questionou a vida da mulher em todos os aspectos, tanto na literatura, atingindo seu ponto culminante com o livro “O segundo sexo” como através de sua própria vida. “A mulher não vem ao mundo como mulher. Ela é transformada em mulher ao longa da vida”.

 

::Em nome de Sartre::

 

Mas Simone também deixou Sartre brilhar e negou muitas vezes sua influência sobre ele e sua obra. Afirmava não ter ciúme de suas escapadas, o que compensava com escapadas próprias, mas nem sempre satisfatórias. Como feminista ele deixou Sartre brilhar mais que ela, só “Sartreuse”, só discípula de Sartre, para continuar a seu lado, alimentando sua dependência, amor e necessidade de estar por perto dele.

 Escrito por Sandra Santos às 11h36

Comente aqui: ou aqui: []

::Tantas coisas – um desabafo::

foto: APA/dpa/A3472 Frank May

 

Acabo de ler um depoimento de uma modelo brasileira chamada Cristiane de Andrade, que antes catou lixo durante 8 anos ganhando 25 reais por dia e virou modelo e ficou famosa depois de ter sido descoberta no lixão há alguns meses atrás por uma atriz famosa chamada Giovanna Antonelli. Nossa! Como a vida pode dar voltas!!! A menina é lindíssima mesmo e merece mais que demais!

 

Por outro lado vi uma reportagem na TV sobre um congresso sobre operações de lipo, aumento de seios, etc. e tal. Pra mim tudo tem limite. Espichar o rosto só pra tudo aparentemente ficar no lugar e para atrasar os efeitos do envelhecimento, só por vaidade, não tem sentido nenhum. Mas uma correção estética para colocar seios numa mulher que praticamente não tem ou para reparar uma orelha defeituosa, isso eu compreendo. Muitas vezes acho que a ciência mexe demais na natureza e as pessoas começam a ficar insatisfeitas por serem “normalmente imperfeitas”.

 

Meu gato Tigre é que sabe melhor como curtir a vida. Ele não perde uma oportunidade de se deitar, meditar, fazer massagem e de ganhar e dar carinho. Ele adora subir na minha barriga, quando estou deitada na sala sob o cobertor, assistindo tevê, e ele vem fazer uma massagem, depois dá umas voltas em volta de si mesmo e deita lá, aproveitando do quentinho e do embalo da minha respiração. Isso é que é vida.

 

Aliás não aguento mais ver noticiários de tevê. Não nasci pra ficar vendo e acompanhando guerras, violência, terrorismo, desastres e não sei mais o quê. Evito isso tudo. Fico achando que mais dia menos dia vou ligar a tevê e constatar tristemente que um grande ataque terrorista atingiu alguma cidade do mundo e matou muitas pessoas que não têm nada a haver com o peixe. E além do mais não acho normal um monte de coisas que muita gente acha normal. Eu não acho que seja normal que uma pessoa seja desprovida do direito básico de ir e vir, pra mim esse é (pelo menos deveria ser) um dos direitos primordiais da humanidade.

 

Eu não nasci pra injustiças e depois se fico analisando muito, fico irada muito rápido. Por exemplo, a Nestlé. Esta empresa é a maior empresa no seu setor e mantém uma fábrica sua aqui perto, a Maggi. Os diretores financeiros da matriz na Suíça (que com certeza ganham os burros do dinheiro) decidiram que a margem de lucro da filial aqui da Alemanha está abaixo do que deveria estar. Mas se está dando lucro!… Pois bem, ele decidiram um pacote de medidas para cortar custos, etc. e tal e o pessoal daqui entrou em greve por causa disso. As represálias serão cabíveis, com certeza. Capitalistas não brincam em serviço.

 

Já está passando da hora do mundo se converter num lugar onde as pessoas tenham mais tempo, vivam uma vida mais humana e não sejam engolidas pelas consequências de um capitalismo selvagem. Aliás, esse sistema já deveria ter morrido há muito tempo. Mas e se o que vier depois for pior ainda?!? Mas quando eu acho uma caso feito o da Cristiane de Andrade, ou quando eu vejo um bebê sorrindo, volto a ter esperanças e quase tudo volta a ter sentido.

 Escrito por Sandra Santos às 19h50

Comente aqui: ou aqui: []

::Memória::

Uma amiga minha teria completado ontem 11 anos de casamento. “Teria”, porque o casamento dela foi pro beleléu há alguns anos atrás. Meu Deus, como ela sofreu! Sofreu sim, mas isso já passou, pois ela levantou a poeira e deu a volta por cima. Mesmo assim, nessas datas marcantes as lembranças lhe voltam à memória. Aí ela se lembra de tudo que poderia ter dado certo e infelizmente não deu. Dos sonhos que morreram, das perspectivas que foram enterradas, das voltas que a vida deu.  Mesmo assim, amiga, queria te estender a mão e te dizer que sou orgulhosa de você. Apesar das feridas e das cicatrizes, você não parou de ver a beleza nas pequenas coisas. E não passou a desacreditar no ser humano. E não parou de sonhar e de arquitetar planos. Quem pára de sonhar, morre. Vivamos juntas, intensamente !

 

Eu também sou assim, que nem ela. Eu não me esqueço de determinadas datas marcantes. Datas de aniversário estão em outro departamento pra mim, pois eu sou a rainha de trocar datas, nomes, substantivos e afins. Apesar de que eu guardo loucamente a data de aniversário dos meus namorados mais marcantes e me lembro deles a cada ano que passa. Guardo determinados cheiros, perfumes e olhares, guardo umas coisas que me enaltecem a alma e aquecem o coração. Guardo coisas ruins também, quem não guarda? Mas já aprendi que a memória da gente é muito seletiva e que vale mais a pena deixar espaço na memória pra guardar coisas boas e positivas, que sempre poderão ser reativadas na memória para reaquecer o coração e reanimar o espírito. E já que a gente colhe o que planta, plantemos coisas boas nas nossas memórias! Tenho dito.



 Escrito por Sandra Santos às 15h40

Comente aqui: ou aqui: []

::Entrevista legal - Parte I::

Beto Conte, diretor do STB Trip & Travel e coordenador cultural do Espaço STB BRASAS, já percorreu 101 países nos 5 continentes, e viagem é com ele mesmo... O QUEB foi bater um papo com o Beto para tentar passar para vocês um pouquinho das muitas experiências deste aventureiro nato!
Entrevista: Rossana Gradaschi/ Fotos: Divulgação STB Trip & Travel.
 
Conta pra gente algum fato inusitado que aconteceu em uma das viagens?
O legal de viajar é nos darmos conta que conceitos e valores são resultantes de um determinado meio cultural. Sempre comento o fato de ter convivido no Paquistão, na fronteira com o Afeganistão, com uma família de camponeses composta de um homem, suas 2 mulheres e muitos filhos. Dentro do conservador mundo islâmico que limita a ação das mulheres a casa, a impressão que tive foi que elas construíram uma grande cumplicidade feminina que amenizava a situação desfavorável que enfretavam. Alguns meses mais tarde, me deparei no caminho ao campo base do Everest com 2 irmãos nômades Tibetanos que compartiam a mesma esposa - novamente numa relação aparentemente harmônica onde os 3 adultos tratavam com o mesmo carinho os filhos em comum. Isso tudo contribui para sermos mais cuidadosos ao julgar uma outra sociedade - afinal o que é o certo - a poligamia islâmica, a poliandria tibetana ou monogamia judaico-cristã?
 
Qual o lugar que mais te marcou e por quê?
Aficionado por descobrir novas terras, foi na Ásia, onde tive minha experiência mais prolongada como viajante – a percorrer por um ano, das paradisíacas praias de Bali até “trekking” no Nepal. Em viagens posteriores explorei o Vietnam, as ruínas do Sri-Lanka, percorri a Ásia Central desde as montanhas do Kirgistão até os desertos do Uzbekistão, desvendando a região tribal do norte do Laos e todo o legado histórico Persa no Irã dos Ayathollahs. A variedade étnica, religiosa e cultural da Ásia sempre me fascinou.
 
Fala pra gente sobre o livro “Antes que o mundo Acabe”.
Em uma conversa com o autor Marcelo Carneiro da Cunha, que me convidou para ilustrar o livro com minhas fotos, saiu o nome do livro que trata da relação de um garoto de Porto Alegre com o pai que um fotógrafo registrando culturas: “Antes que o mundo Acabe”. Serve para refletirmos sobre o conflito entre as vantagens da globalização - que nos proporciona acesso imediato a informação e fatos globais - e a dificuldade da preservação das identidades culturais.
 
Depois de ter passado 3 anos fora você abriu o STB Student Travel Bureau no RS. De onde veio a idéia de criar o STB?
Em determinado momento da minha vida resolvi dar um tempo e viajar. Fui para a Tailândia escapando do inverno europeu e acabei me apaixonando pela Ásia. Fiquei um ano e foi o melhor de minha vida, vivenciar culturas e religiões tão diferentes da nossa me acrescentou muito como ser humano. Foi o momento de repensar e dar uma guinada de 180o na minha vida - decidi não dar continuidade na minha formação técnica e me dedicar a algo que dava mais prazer ligado à viagens, história e jornalismo. Ao retornar ao Brasil depois desses 3 anos de viagens, abri em Porto Alegre a STB Trip & Travel, maior empresa no país especializada em cursos no exterior e viagens para jovens, para poder compartilhar com outros toda esta potencialidade de transformação que viagens proporcionam. A nossa campanha de 15 anos sintetiza essa filosofia: "Você sempre volta diferente de uma viagem".
 
Para quem quer morar em outro país é necessário já ir sabendo falar outra língua ou se aprende falar lá fora mesmo?
Legal já ter uma base do idioma para aproveitar desde o início. A fluência se atinge com convívio local mesmo.


 Escrito por Sandra Santos às 13h38

Comente aqui: ou aqui: []

::Entrevista legal - Parte II::

Beto, você viaja regularmente ao exterior, visitando as escolas de idiomas ou buscando novos destinos de turismo aventura. De quanto em quanto tempo viaja?
Umas 4 vezes por ano sempre buscando compor compromissos profissionais com viagens de interesse pessoal. Comecei o ano percorrendo de camelo o deserto da Jordânia, ruínas das cruzadas na Síria e as baladas de Beirute no Líbano. Em maio levei um grupo para conhecer nossos parceiros no Canadá, e aproveitei para esquiar nas montanhas rochosas. Aproveitei minhas milhas e fui mês passado aos Lençóis Maranhenses seguindo de 4x4 pela praia até Jericoacoara.
 
E nunca se cansou, pretende diminuir esse ritmo algum dia?
Viajar é uma super dose de adrenalina que tem de correr no meu corpo. Se não puder mais percorrer o mundo real, continuarei através de livros, filmes e virtualmente. Conviver com o desconhecido e aprender mais é essencial para mim.

Teve algum lugar que gosta e ainda não visitou?

Muitos - toda a África negra. Meus planos incluem Lêmen, Mali e o oeste do continente, Moçambique e as ilhas da costa leste, Etiópia... Como são lugares difíceis de explorar quero fazer um de cada vez, mergulhando na cultura local. Com isso me mantenho ocupado pela próxima década.
 
Você terminou o 2º grau em Pittsburgh nos USA e também estudou na Suíça. Você acha que para os jovens é melhor ir estudar fora do País, ou as faculdades daqui te dão uma base tão boa quanto?
Ter feito o High School nos USA foi o pontapé inicial na minha vida viajante - pois desenvolvi o inglês e conheci gente de todo o mundo. Por isso tenho as melhores lembranças desse período que me abriu para o mundo. Certamente o Brasil tem excelentes oportunidades de desenvolvimento educacional, uma vivência internacional proporciona outras experiências marcantes. Acho que abre o leque de opções proporcionando ao jovem se encontrar mais rápido, pois tudo é mais intenso e tem de se virar sozinho. O mundo é a maior escola.
 
Uma dica para quem os jovens que querem sair pelo mundo?
Vou repetir uma frase de Kierkegaard que acho super significativa: "Aventurar-se causa ansiedade, mas deixar de arriscar-se é perder a si mesmo. Aventurar-se no sentido mais amplo é precisamente tomar consciência de si próprio". Vai nessa!
Beto beto@stbpoa.com
 


 Escrito por Sandra Santos às 13h35

Comente aqui: ou aqui: []

::Mais sobre viver na Alemanha::

Uau! Eu nunca tinha achado uma lista tão longa e tão interessante com tudo e mais um pouco sobre viver na Alemanha. Deixo aqui registrado pra mim e pra vocês (muitos dos sites em inglês): http://www.astro.umn.edu/~hlee/deutsches.html. Tem até um filminho de um professor brasileiro que dá aulas aqui na Alemanha falando da necessidade da Alemanha se abrir para receber estudantes estrangeiros: http://www.gateway-to-germany.de/english/1.5.35.html

E por aí vai. As possibilidades de informação na internet são realmente ilimitadas!



 Escrito por Sandra Santos às 17h18

Comente aqui: ou aqui: []

::O euro mudou a Europa::

Picture

 

Dentro de uma das geladeiras lá da minha empresa tem um pote de dinheiro, cheio de pratinhas e com algumas notas, todas bem geladinhas. É que a empresa oferece bebidas variadas para os empregados a um preço subsidado. Se um funcionário quer beber uma Coca, Coca misturada com Fanta, água ou suco de maçã ele vai lá, abre a porta, joga o dinheiro no pote e se dá o troco, se houver. Hoje fiz isso e descobri que o tal pote está lotado de euros de diversos países da Europa! Também pudera, logo depois do final das férias! Fiquei ali, catando umas moedas pra minha coleção, e tive muita sorte, pois achei algumas moedas novas que ainda não tinha. Amanhã vou dar uma passada lá de novo!

 

Foi muito engraçado agora nas férias ter passado por dois dos poucos países na Europa que não participam da CE e que têm suas próprias moedas (Noruega e Dinamarca). Ter que trocar dinheiro na entrada do país e destrocar na volta virou parte do passado. Mas para quem como eu mora na fronteira com a Suíça (que também não participa da CE), sempre vou conviver com dois tipos de moeda, ainda que com relativa baixa frequência.

 

Quem sabe dizer, sem pensar duas vezes, quais são os países que fazem parte da Comunidade Européia até agora e que já adotaram o Euro como moeda oficial?

 Escrito por Sandra Santos às 13h53

Comente aqui: ou aqui: []

::Receitas simples - coisas simples::

Ganhei o seguinte texto de uma super amiga minha e não posso deixar de guardá-lo com carinho porque quando “eu crescer” e se Deus quiser puder envelhecer mais ao menos ao lado dela eu quero que nós duas sejamos duas Donas Cacildas.

 

DONA CACILDA é uma senhorita de 92 anos, miúda e tão elegante, que todos os dias às 8 horas ela já está toda vestida, bem penteada e perfeitamente maquiada apesar de sua pouca visão.
Receita da Dona Cacilda para se manter jovem:
1. Jogue fora todos os números não essenciais para sua sobrevivência. Isso inclui idade, peso e altura. Deixe o médico se preocupar com eles. Para isso ele é pago.
2. Frequente de preferência seus amigos alegres. os "baixo astrais " puxam você para baixo.
3. Continue aprendendo. Aprenda mais sobre computador, artesanato, jardinagem, qualquer coisa. Não deixe seu cérebro desocupado. Uma mente sem uso é oficina do diabo. E o nome do diabo é Alzheimer.
4. Curta coisas simples.
5. Ria sempre, muito e alto. Ria até perder o fôlego.
6. Lágrimas acontecem. Aguente, sofra e siga em frente. A única pessoa que acompanha você a vida toda é voce Mesmo. Esteja VIVO, enquanto viver.
7. Esteja sempre rodeado daquilo que voce gosta, pode ser família, animais, lembranças, músicas, plantas, um hobby, o que for. Seu lar é o seu refúgio.
8. Aproveite sua saúde. Se for boa, preserve-a .Se está instavel melhore-a.  Se está abaixo desse nível, peça ajuda.
9. Não faça viagens de remorsos. Viaje para o shopping, para um país estrangeiro, mas não faça viagens ao passado.
10. Se você não o ama mais diga isso para ele, não empurre um relacionamento só por comodidade, você vai estar perdendo tempo, tenha você a idade que tiver mesmo que já tenha passado dos 60.
E LEMBRE-SE SEMPRE QUE:
A vida não é medida pelo número de vezes que voce respirou, mas pelos momentos em que voce perdeu o fôlego... de tanto rir... de surpresa, de felicidade.
Por fim:
VIVER (sua vida - I N T E N S A M E N T E )... E DEIXAR VIVER...



 Escrito por Sandra Santos às 16h29

Comente aqui: ou aqui: []

::Para ter - ou aumentar - a vontade de aprender alemão::

Aprendi alemão meio que na marra. Vim pra cá depois de 2 anos de curso de 2 dias na semana no Goethe de Belo Horizonte, tendo chegado ao nível intermediário. Conseguia conversar só com uma pessoa, mas mesmo assim muito mal. No início perdi a capacidade de falar inglês: se comecasse uma frase em inglês, a terminaria em alemão. Com o tempo o inglês voltou, felizmente. E para minha tristeza não entendia nadica de pitibiriba se um grupo de muitas pessoas estivesse conversando entre si. Querer ler então era uma batalha. Uma simples revista ou um jornal significava uma grande batalha. Tudo normal.

 

Comecei a assistir televisão naquele canal de notícias NTV, no qual as notícias se repetem a cada uma hora. Ficava lá sentada ouvindo e vendo as mesmas notícias, horas a fio…

 

Mas depois descobri um jeito mais interessante de aprender alemão: com música ! E queria passar pra vocês bandas legais com as quais vale a pena querer aprender as letras, entender o conteúdo e sair cantando por aí. Vamos a elas:

 

-  PUR – Foi com a banda PUR que comecei a aprender alemão. Gostava das letras, muito sentimentais, e não me cansava de ouvir os mesmos CD’s;

- Herbert Grönemeyer – ele tem uma voz meio “cruel” e canta meio falando, mas tem muita sensibilidade e compôs algumas das mais conhecidas músicas POP alemãs, como por exemplo “Männer”;

- Die Fantastischen Vier (die “Fantas”) – esse grupo é uma piada e escreve letras muito bem humoradas. Eles lançaram por exemplo uma música falando só de abreviações em alemão, que são inúmeras. O nome da música é uma abreviação: MfG (Mit freundlichen Grüßen);

- Freundeskreis – esta banda hip hop fez uma música também muito conhecida por aqui, chamada "ANNA (immer wenn es regnet)";

-   A esposa de um dos integrantes da banda acima tem um vozeirão sem fim e músicas super lindas. O nome dela, nada alemão, é Joy Denalane. Ela é filha de mãe alemã e pai sul-africano. A música mais linda que ela compôs foi para seu filho, chamada "Isaiah";

- Outro cantor de vozeirão sem fim e composições de poeta é o Laith Al-Deen. Meio iraniano, meio alemão, sabe como ninguém combinar bonitas baladas a letras muito lindas;

Por último, um dos meus cantores prediletos: Xavier Naidoo. Ele mora em Manheim e faz muito pela cidade e por seus habitantes, coordenando programas sociais. É muito cristão e é impossível não notar que sua voz é realmente divina.



 Escrito por Sandra Santos às 14h13

Comente aqui: ou aqui: []

::Mais dicas::

Para ler mais um pouco sobre a biografia dos grupos e cantores citados acima, além de muitos outros, visite a seguinte página http://www.swr3.de/musik/poplexikon/.

 

Outra dica: o melhor dicionário inglês – alemão da internet (gratuito!) é o dicionário da Universidade Técnica de Munique: http://dict.leo.org/ Detalhe: este dicionário contém explicações gramaticais e também fonéticas das palavras (observe a legenda do dicionário à direita da página).

 

Uma última dica (hoje é dia de dicas ): agora é possível receber um CD do Manual da Alemanha contendo o dito manual traduzido em 6 idiomas. Pedidos (grátis) através da página http://www.handbuch-deutschland.de/form/bestform.php



 Escrito por Sandra Santos às 14h10

Comente aqui: ou aqui: []

::Artigo::

Mais um artigo no Viver, desta vez sobre o primeiro dia de aula na Alemanha. Confiram!



 Escrito por Sandra Santos às 13h28

Comente aqui: ou aqui: []

::Eure schönsten Sonnenuntergänge::

Ah... eu já tinha dado adeus por este fim-de-semana, mas acabei de achar uma página da rádio local recheada de pores-do-sol (será que é assim que se escreve?) maravilhosos vindos dos quatro cantos do mundo. Confiram: swr3.de, clicando primeiro no "Zur SWR3 Seite" e depois na frase acima (os seus melhores pores-do-sol) um pouco mais embaixo, do lado esquerdo da página. 



 Escrito por Sandra Santos às 17h13

Comente aqui: ou aqui: []

::Simplesmente amor::

Tatsächlich...Liebe

Ok, vocês venceram! O filme “Simplesmente Amor” é realmente muito lindo!!! Assisti duas vezes, uma atrás da outra. E chorei um pouquinho, emocionada com algumas cenas… E até o Rodrigo Santoro trabalhou nesse filme. Meus Deus, que homem! Há muitas passagens bonitas, a da portuguesa, a do cara que se apaixonou pela mulher do seu melhor amigo... O filme é todo cheio de amor, gostei mesmo. Obrigada!

 

Como forma de agradecimento pela boa dica, dêem uma passadinha no meu fotolog. Lá tem uma foto da Taísa recepcionando os avós no aeroporto de Zurique.

 

Bom fim-de-semana pra todos! E beijo na bunda e até segunda…



 Escrito por Sandra Santos às 15h26

Comente aqui: ou aqui: []

::SAuDaDe Dói::

Adoro aquelas placas de aeroporto mostrando os horários de chegada e saída dos próximos vôos... É fantástico ficar lendo aquilo ali, pensando que em algumas horas a gente pode estar do outro lado do mundo e já começando a sonhar com a próxima viagem… Também gosto de ficar observando as pessoas nos aeroportos, estações de trem, nas feiras internacionais. Adoro o estranho, desconhecido, gosto de ficar observando as pessoas que se despedem e também aquelas que (re)encontram pessoas (queridas). Gosto dos turbantes, dos rabinos, dos gordos, dos magros, de todos. Um lugar desses pra mim é mágico e cheio de energia.

 

Pois é, mas ontem fui novamente num aeroporto pra dizer adeus e chorar um pouquinho. E nem imaginava que quem choraria mais seria a Taísa, que chorou mesmo de soluçar. A saudade dói e uma despedida assim é como morrer um pouco por dentro. Fui pro aeroporto inteira e voltei faltando um pedaço.

 

Mas deixando a parte triste do dia de lado, ontem também foi um dia bom, pois uma amiga se mostrou super amiga levando presentes pros meus pais, chamando-os pra almoçar, vindo se despedir deles aqui em casa e demonstrando mesmo que gostou deles como pessoa. Isso me surpreendeu e me fez muito bem, pois é uma prova de que a amizade e o amor gratuitos continuam existindo no mundo. E isso é muito bom.



 Escrito por Sandra Santos às 13h19

Comente aqui: ou aqui: []

::Festa e despedida::

"O tempo é uma medida útil, mas somos nós que atribuímos a ele o seu valor. O dicionário define o tempo como "a sucessão dos anos, dos dias, das horas, etc. que envolve para o ser humano a noção de passado, presente e futuro. O nascimento parece ser o início, e a morte, o fim, mas não são; são apenas pontos nessa sucessão."

 

Depois de 6 lindas semanas com tanto carinho e amor dos meus pais bem pertinho, eles estão voltando pro Brasil. Ficam comigo mil estórias, histórias, passagens engraçadas, risadas, festas, passeios, recordações, horas e horas jogando cartas, batendo papo, um curtindo somente a presença do outro. Longe fisicamente, mas pertinho do coração. Já estou sentindo a falta deles antes de sua partida.

 

P.S.-Comemorei antecipadamente meu aniversário ontem. A festa, também anunciando o noivado, foi jóia. Taísa voltou às aulas hoje. E a vida continua...



 Escrito por Sandra Santos às 18h34

Comente aqui: ou aqui: []

::Fim de férias::

Voltar ao trabalho sem ter vontade é como ser aprisionado sem razão. Eu sei, eu sei, eu não deveria reclamar, pois afinal tenho um emprego, e um emprego do qual gosto – às vezes mais, às vezes menos. E até que tive algumas surpresas agradáveis ao voltar: por ter arrumado substitutos pra quase todas as minhas tarefas, voltei sem encontrar muito por fazer e pude até enxergar a minha mesa ao longe. Recebi um convite para um jantar do gerente da empresa, que está fazendo aniversário hoje. E fui convidada para participar de uma feira internacional em Düsseldorf. Mas perdi um festão de uma amiga minha que comemorou 50 anos semana passada. Depois de tantas novidades, umas aqui e outras ali, a maior novidade ficou com meu chefe direto, pois ele decidiu parar de usar o telefone sem fio. Esse tipo de telefone já foi chique em outras épocas na minha empresa, só os mais chiques tinham um telefone sem fio, os demais tinham só o telefone normal, de mesa. Segundo ele, hoje em dia chique é ter só o telefone normal e se a pessoa não dá a sorte de te achar no escritório, ela é obrigada a deixar recado na secretária eletrônica e esperar pelo seu retorno. Como as épocas mudam… Na época do outro chefe esta atitude seria impossível de ser tomada... Por outro lado, com os avanços tecnológicos passamos a pensar que as outras pessoas têm que estar à nossa disposição e se não conseguimos falar com alguém no momento em que queremos, já ficamos impacientes. Talvez a atitude do meu chefe foi a de dizer que ele terá tempo para as pessoas, mas ao seu tempo.

 

::Infelizmente menos paz::

 

Fim do ataque terrorista à escola russa. A minha conclusão é de que os terroristas nos provaram por A mais B que eles não têm nenhum tipo de limite. A agressão deles é ilimitada, quando se trata de atingir seus objetivos. Continuamos lutando com um inimigo invisível que pode surgir em qualquer lugar e fazer o que quiser. Não temos a menor chance de ganhar a luta. E o pior é que a luta é a nível governamental e quem paga o pato são crianças, mulheres, pessoas comuns, enfim. Para que tanta crueldade? Até hoje não me ensinaram a vantagem de tudo isso. Saber conviver com as diferenças deveria ser muito mais bonito.

 

::Cara de menina::

 

Perto de completar os 34 anos, fui elogiada duas vezes por pessoas distintas. No navio, na aula de merengue, a professora achava que eu, minha irmã e minha filha éramos filhas dos meus pais. No final de semana passado, um cliente do restaurante do meu sogro perguntou pro Matthias se eu e Taísa ainda estávamos de férias escolares… Ou as pessoas precisam de óculos ou eu continuo mesmo com cara de menina. Eles é que se esqueceram de olhar um pouco mais pra baixo, isso sim...



 Escrito por Sandra Santos às 17h31

Comente aqui: ou aqui: []

::Viramos 180 milhões de brasileiros::

Acabo de ler na revista Época que de 2000 a 2004 a população brasileira aumentou em 10 milhões e agora somos 180 milhões de brasileiros!!!

 

Quando eu era pequena, nos idos dos anos 80, lembro-me de cantar:

“Cento e vinte milhões em ação, pra frente Brasil, salve a seleção!”…

Mamãe diz que o canto na realidade era:

“Noventa milhões em ação…”

 

Meu Deus, de qualquer forma, estamos crescendo demais!... Tudo bem, temos espaço, se considerarmos que a Alemanha mantém em uma área similar a Minas Gerais um total de 80 milhões de habitantes. Mas se continuarmos assim, no ano de 2050 poderemos alcançar quase 260 milhões de habitantes, o que colocaria nosso país na 6ª posição do ranking mundial, precedido da Índia, com 1,531 bilhão; da China, com 1,395 bilhão; Estados Unidos, com 408,7 milhões; Paquistão, com 348,7 milhões; e Indonésia, com 293,8 milhões.



 Escrito por Sandra Santos às 19h06

Comente aqui: ou aqui: []

::Dia de arrumar casa::

Que todas as pessoas se amem demais

Que a luz falte

Que as televisões queimem

Que os computadores pifem

 

Menos o meu – se possível...



 Escrito por Sandra Santos às 16h08

Comente aqui: ou aqui: []
Meu nome: Sandra
Aniversário: Dia de sorte
Signo: Virgem


Gosto:
De melancia
Laranja
Sol
Viajar
Bater papo
Rodar o mundo

Não Gosto:
De cinza
Monotonia
Chuva

Ouço:
Norah Jones
John Mayer
Marisa Monte
Adriana Calcanhoto
Legiao Urbana
Cazuza
Milton Nascimento
Toquinho e Vinícius
JAZZ
BOSSA NOVA
MÚSICA COM LETRA INTELIGENTE OU BATUQUE BOM =D
MPB

Vejo:
Eu nao sou de ver TV, sou mais de ler e escrever... mas adoro cinema!

Leio:
Vá onde seu coração mandar - Susanna Tamaro
Utta Danella
Paulo Coelho
Geraldo Eustáquio de Souza
Meu perfil
BRASIL , Mulher , de 26 a 35 anos , Portuguese , German , Cinema e vídeo , Informática e Internet , Viagens, Leituras...
MSN -



Histórico
01/04/2008 a 30/04/2008
01/03/2008 a 31/03/2008
01/02/2008 a 29/02/2008
01/01/2008 a 31/01/2008
01/12/2007 a 31/12/2007
01/11/2007 a 30/11/2007
01/10/2007 a 31/10/2007
01/09/2007 a 30/09/2007
01/08/2007 a 31/08/2007
01/07/2007 a 31/07/2007
01/06/2007 a 30/06/2007
01/05/2007 a 31/05/2007
01/04/2007 a 30/04/2007
01/03/2007 a 31/03/2007
01/02/2007 a 28/02/2007
01/01/2007 a 31/01/2007
01/12/2006 a 31/12/2006
01/11/2006 a 30/11/2006
01/10/2006 a 31/10/2006
01/09/2006 a 30/09/2006
01/08/2006 a 31/08/2006
01/07/2006 a 31/07/2006
01/06/2006 a 30/06/2006
01/05/2006 a 31/05/2006
01/04/2006 a 30/04/2006
01/03/2006 a 31/03/2006
01/02/2006 a 28/02/2006
01/01/2006 a 31/01/2006
01/12/2005 a 31/12/2005
01/11/2005 a 30/11/2005
01/10/2005 a 31/10/2005
01/09/2005 a 30/09/2005
01/07/2005 a 31/07/2005
01/06/2005 a 30/06/2005
01/05/2005 a 31/05/2005
01/04/2005 a 30/04/2005
01/03/2005 a 31/03/2005
01/02/2005 a 28/02/2005
01/01/2005 a 31/01/2005
01/12/2004 a 31/12/2004
01/11/2004 a 30/11/2004
01/10/2004 a 31/10/2004
01/09/2004 a 30/09/2004
01/08/2004 a 31/08/2004
01/07/2004 a 31/07/2004
01/06/2004 a 30/06/2004
01/05/2004 a 31/05/2004
01/04/2004 a 30/04/2004
01/03/2004 a 31/03/2004
01/02/2004 a 29/02/2004
01/01/2004 a 31/01/2004
01/12/2003 a 31/12/2003
01/11/2003 a 30/11/2003
01/10/2003 a 31/10/2003
01/09/2003 a 30/09/2003
01/08/2003 a 31/08/2003
01/07/2003 a 31/07/2003
01/06/2003 a 30/06/2003
01/05/2003 a 31/05/2003

Votação
Dê uma nota para meu blog


Outros sites
Pousada Ilha do Sol
Sítio do Ipê Amarelo
Viver na Alemanha
Manual para a Alemanha
Mundo Pequeno
Companhia para Crescer
Warrior of the Light
Karey Lorena
Patilein
Trocando Figurinhas
Zero Grau
UOL
UOL SITES


 


 



Blogs que leio:
Daniel Eisheiliger
Ar de Amor
Consulta Sentimental
Indizível
Trocando Figurinhas
Tricotando



Site Meter