Mineirinha n'Alemanha
Brasil - Deutschland

::Atividade e descanso::

 

Saí pro coral com um sentimento muito conhecido meu de que ainda queria ter feito mil e uma coisas em uma hora. Tinha colocado uma máquina de roupas para lavar, tinha lavado os banheiros, feito comida, jantado com o Matthias (a Taísa está dormindo com os avós hoje) e ainda queria ter olhado os e-mails, ter bisbilhotado a internet atrás da cozinha dos meus sonhos… Cheguei atrasada como sempre e logo percebi que hoje não teríamos coral. O meu coral se encontra dentro de uma igreja protestante e fui pra lá hoje em busca de descanso e paz, de conseguir deixar um pouco do meu estresse e do cansaço que toma conta de mim. Nada, tudo escuro, porta fechada. Voltei pra casa…

 

Aqui na Europa não pára de chover neste verão, aliás nem sei que verão é esse… Na volta não estava chovendo e a bicicleta sorriu pra mim, o sol sorriu pra mim, o entardecer sorriu pra mim. Pulei na bicicleta e dei no pé, saí pra dar uma rodada por aí… Que beleza, pelo menos para isso serve o campeonato de futebol europeu: as ruas estão vazias, o caminho de bicicletas é praticamente todo meu (rimou). Meu Deus, que maravilha de lugar é esse onde moro ?!? Onde será que Deus estava com a cabeça ao planejar tanta coisa bonita em um pedaço tão pequeno de terra? Agradeço por cada verde, por cada rosa, por cada raio de sol, por cada entardecer.

 

Aliás, as rosas estão caprichando neste ano. Estão lindíssimas. Eu as admiro em todo canto, em cada jardim por onde passo, em todas as cores, em toda sua beleza e praticamente todos os dias tenho rosas novas na mesa de presente das minhas colegas de serviço. As rosas neste ano estão mesmo maravilhosas. Tenho pena daqueles que não têm tempo para admirar a beleza e a perfeição divina de uma rosa, que não têm tempo de cheirar seu perfume, de entender que cada simples rosa é a prova da existência de Deus.



 Escrito por Sandra Santos às 16h34

Comente aqui: ou aqui: []

::Livro didático em português::

Eu e uma amiga estamos com um projeto de montar um livro didático em português falando sobre a vida de estrangeiros de várias nacionalidades que moram no Brasil. A Lu, minha amiga, também mora aqui na Alemanha e é professora de português e de alemão, e ela diz sentir falta de um material assim, para poder dar aulas de português, contando sobre nossa cultura e nossos costumes.

 

O nosso intuito é o de criar um livro que fale das diferenças culturais do Brasil e do mundo, e cada entrevistado poderá contar um pouco sobre sua vida no Brasil, o que o levou a ir para o país e qual foi ou tem sido sua experiência morando lá.

 

Preparei um questionário contendo algumas perguntas. As respostas podem ser feitas em inglês / alemão / espanhol / francês / italiano e logicamente também em português, de acordo com a disponibilidade do entrevistado.

 

Se souber de alguém que queira participar, é só entrar em contato ! Obrigada !



 Escrito por Sandra Santos às 17h01

Comente aqui: ou aqui: []

::Ó vida, ó dia…::

22:34 horas da noite. Acabo de me dar dois presentinhos: fiz o meu chá predileto e fiz as minhas unhas. Quer dizer, passei esmalte, pois tenho a sorte das unhas não precisarem de mais cuidado do que isso para ficarem razoavelmente bonitas. Antes estava limpando a cozinha, eu e o Matthias, mas não uma limpeza superficial, e sim substancial. Tiramos tudo do lugar e arrumos lugar para as coisas que estavam “escondidinhas” pelos quatro cantos do cômodo. Limpei a janela, que é ao mesmo tempo a porta que dá para a varanda. O Matthias recolocou a porta que dá para o corredor de volta no lugar (todas as portas aqui são de tirar e colocar; isto é: elas são fixas, mas podem ser retiradas do seu lugar sempre que preciso, o que é muito prático). Ó vida cruel de mulher na Europa! Você trabalha o dia inteiro e quando chega em casa ainda tem casa pra arrumar, filho pra ajudar nos trabalhos da escola, dcren, eruhtit, 34zhöuehiuwe, gfuzwgtzni, odfhifdvjnv, 2.927 coisinhas pra fazer… E pensar que no Brasil costumava ouvir as pessoas reclamarem de suas empregadas e um dia achei normal que praticamente em toda casa houvesse uma empregada ! A mão-de-obra aqui é extremamente valorizada, razão pela qual uma faxineira é paga por hora e cobra caro. Não resta outra solução a não ser pegar na massa… Agora a cozinha está bem arrumada, “só” faltam todos os outros cômodos da casa, lavar roupa, passar roupa, dfngrtlkjt, ejtqioerhzr, ehirhurgr, jhtiqurethr,… Argh! Pausa! Uhhhmmm, acabo de achar um artigo interessante que fala sobre a mulher moderna. Tut mir leid, desta vez só em alemão !

 

::De novo - reforma::

 

O resultado da minha pintura na moldura da porta ficou mesmo muito bom. Difícil será me acostumar que essa cor salmão “povoará” todas as molduras de todas as portas daqui de casa dentro em breve (espero eu, pois quem faz a reforma é a madame aqui).

 Escrito por Sandra Santos às 18h16

Comente aqui: ou aqui: []

::Cozinha e sabedoria infantil::

Passei o final de semana prolongado quase todo procurando uma cozinha embutida nova para o meu apartamento, pois a minha, digamos de forma simpática, é do tempo da vovó. Achei cada coisa mais maravilhosa, mas também maravilhosamente cara ou longe daqui, no caso de leilões no e-bay. Bom, daí veio a sabedoria infantil. A Taísa perguntou:

-          Por que você quer comprar uma cozinha nova? Nós já temos uma cozinha embutida!

-          Porque a nossa é muito velha e feia eu gostaria de ter algo mais moderno e bonito.

Ao que ela prontamente respondeu:

-          Mas a gente deveria ficar satisfeito com o que tem.

Ela não deixa de ter razão, né? Mas que eu adoraria montar uma cozinha nova, moderna e com uma cor bem alegrinha, isso eu adoraria. Mas devagar e sempre se vai ao longe.

 

::Escritos::

 

Vi o filme Das Superweib ontem à noite na TV, desta vez conscientemente, já que já tinha visto esse filme acho que no ano passado e não tinha prestado muita atenção na estória. Enquanto assistia o filme, meus dedos ficaram coçando de vontade de escrever. Quando o Superweib (mulher-maravilha) acabou às 22:15 horas, fui para o computador. De lá só saí perto das três da manhã… Hoje no trabalho tive que me concentrar para não dormir sentada… 



 Escrito por Sandra Santos às 18h14

Comente aqui: ou aqui: []

::Bellaria - enquanto vivermos!::

 

Um filme sobre um cinema em Viena que só mostra filmes antigos (mais ou menos da época de 1938-42), cujos visitantes são todos velhinhos, cheios de recordações, de amor incondicional pelo cinema e pelos atores da época, muito engraçados, pitorescos, espirituosos, cheios de vida. Neste documentário, os velhinhos refletem sobre a vida e encontram nos filmes antigos uma forma de voltar ao tempo, de poder rir e chorar, de sonhar, de poder ser românticos, sensíveis, „moles“. Esses velhinhos fazem amizade entre si e se encontram diariamente, dentro e fora do cinema, para poder partilhar o resto de suas vidas juntos.

 

O filme foi feito em 2001 e já ganhou vários prêmios internacionais. Foi dirigido por Douglas Wolfsperger e é uma produção conjunta da Alemanha e da Áustria. Foi a primeira vez na minha vida que um filme chega ao final e toda a platéia presente aplaude – isso já resume tudo, pois o filme é realmente muito bom!

 

Antes do filme, um desfile de moda. Moda de loja, comercial, e moda anticonvencional de uma estilista que vive e trabalha no local. Detalhe: tudo isso foi visto antes de ontem dentro do galpão de uma fazenda, da perspectiva de um banco de feno super confortável, cheiroso e quentinho, do alto de uma montanha de feno. Ninguém julgaria possível, mas cultura e feno combinam – e muito bem.

 

::Anne Frank::

 

Há 75 anos nasceu Anne Frank. Quem não leu em sua juventude o famoso Diário de Anne Frank? Este livro foi causador de uma das minhas primeiras reflexões sobre as barbaridades da Segunda Guerra Mundial e me marcou muito. Alguns dados: o diário de Anne Frank contou o dia-a-dia de uma menina judia, presa com sua família em um esconderijo em Amsterdam, Holanda, durante o regime nazista.  Sua autora nasceu há 75 anos no dia 12 de junho em Frankfurt, Alemanha, e morreu antes de completar 16 anos no campo de concentração de Bergen-Belsen. Ela havia deixado a Alemanha com 4 anos de idade, quando Hitler chegou ao poder.

 

A família fugiu para Amsterdam, onde o pai, Otto Frank, abriu um novo comércio. Mas depois que a Holanda foi tomada pelos alemães, em 1940, os judeus não podiam mais se sentir seguros neste país. Daí os pais decidiram e planejaram, com grande antecedência, sumir em um esconderijo dentro de uma casa da cidade – a única maneira para  garantir sua sobrevivência.

 

Quando Anne completou 13 anos, ela ganhou o famoso diário, que foi traduzido em mais de 50 idiomas ao redor do mundo. Ela o via como uma boa amizade: “Espero que você possa me ajudar nos momentos difíceis”. E esse caderno assumiu mesmo esta função quando a situação para os judeus na Holanda piorou ainda mais. No dia 4 de agosto de 1944 a família de Anne Frank foi levada para o campo de concentração. Só o pai da menina sobrevive e lança mais tarde o diário da filha como livro.



 Escrito por Sandra Santos às 09h28

Comente aqui: ou aqui: []

::Reforma::

O bicho da reforma também me pegou e comecei a pintar as molduras das portas daqui de casa, de um horrível marrom escuro para um agradável salmão-pastel clarinho. Até agora, tenho uma porta em vias de ficar pronta. Que diferença! Como as cores são importantes em nossas vidas ! A cor mais leve e mais alegre, combinando com o colorido da parede, também em um tom de salmão um pouco mais claro, ficou muito boa. Gostei.

::Flávia::

 

Ontem falei ao telefone com a Flávia, a blogueira do Diário da Vlee. Foi super legal e batemos o maior papo durante horas, continuando a nossa sessão de chat no MSN. Ela também vem de Beagá e infelizmente está com um problema no seu blog do Blogger, parece que mudaram a senha sem prévio-aviso, já que ela não consegue acessá-lo. Como é legal ouvir a voz de uma pessoa que só conhecemos virtualmente, não é mesmo?

Bom início de semana para todos!

 Escrito por Sandra Santos às 09h28

Comente aqui: ou aqui: []

::Eternamente responsável::

Texto tirado do Jornal do Blogueiro:

Mesmo que não queira, ao publicar suas letras, você se insere automaticamente no "quesito pequeno príncipe": se torna eternamente responsável por aquilo que escreve. Com algumas linhas bem escritas pode-se formar um movimento revolucionário.

::Ainda sobre caixa de correios e escrita::

Interessante como há muitas outras pessoas fissuradas por caixa de correio feito eu, né? Vou confessar mais uma coisa: eu também adoro analisar a forma de escrever das pessoas, já desenvolvi até uma teoria mundial sobre a escrita de várias partes do mundo por ter trabalhado em um centro de atendimento da Lufthansa, que cuidava do atendimento a clientes de 250 países diferentes. A cada carta que abria, analisava tudo: desde a forma da pessoa escrever, o papel de carta, o envelope, a caneta usada, a força colocada sobre a caneta para escrever, a inclinação da letra, a maneira de escrever determinadas letras ligada à origem geográfica da carta... Virei uma Sherlock Holmes da escrita: se não entendia alguma parte, ia analisando a maneira de escrever da pessoa e desvendava seus mistérios... Gostava de analisar como / quando / onde a pessoa escreveu. Nem preciso dizer que sou louquinha por selos, né? Minha mãe já colecionava e eu continuei sua coleção. Outra mania: papel de carta. Eu não só colecionava, como também eu e minhas amigas de escola adorávamos desenhar nossos próprios papéis de carta. Minha coleção de papel de carta veio parar na Alemanha, já que minha filha também coleciona. Filha de peixe...   Será que um dia ela vai colecionar selos também? E você, o que coleciona? Qual é a sua mania? 

Bom final de semana pra todos!



 Escrito por Sandra Santos às 05h08

Comente aqui: ou aqui: []

::Caixa de correios::

Eu sempre tive fixação por caixa de correios. Quando era pequena, costumava ir muitas vezes ao dia até a caixa de correios para ver se o carteiro já tinha passado. E sempre tive razão para isso. Comecei de pequena trocando cartas com uma prima de Ipatinga. Depois veio uma “pen pall” de Toronto, Canadá. Depois os amigos que fui fazendo do lado de cá, alguns admiradores… Depois minha melhor amiga veio pra Alemanha… E quando vim pra cá (quando cheguei foi antes do início da era da internet), dá até pra imaginar, minha ânsia por notícias era enorme. Muitas vezes eu tinha sorte e em duas semanas conseguia enviar uma carta e receber a resposta correspondente. Mas algumas vezes não. Eu escrevia que estava de um jeito, quando recebia a resposta já estava de outro totalmente diferente. Ou a carta demorava tanto pra chegar, que eu já nem me lembrava mais o que tinha escrito na minha carta e não captava as mensagens direito. Apesar de que carta escrita a mão tem um quê todo especial. Como é bom rever a letra de uma pessoa querida! É como se ela mandasse um pouquinho dela naquelas linhas… Com a benção da Internet, aumentei uns correios na minha vida. Tenho a caixa de correios daqui de casa, a caixa de correios do meu departamento na empresa, tenho a caixa de correios do Outlook no trabalho e em casa, os comentários do blog, as correspondências do Orkut… A correspondência só vai aumentando e se expandindo… Como será daqui a 10 anos?

 

Ao chegar em casa hoje tive que tomar uma decisão: sair de bicicleta ou ficar sozinha em casa? Ah, me falta a vontade e curtir um pouco a solidão e a ausência de barulhos, a não ser os que eu mesma e o Tigre fazemos, também é bom!… Fui pegar minha correspondência na caixa de correios e tive uma agradável surpresa: recebi um cartão postal da Laudenice, que carinhosamente me explicou onde mora. Que legal! E por coincidência hoje, que andava pensativa e pensava na razão do meu blog. Por coincidência acabei hoje de ler o livro da Susanna Tamaro e ela diz que todo mundo que gosta de escrever deveria escrever diário, além de ler muito e conversar muito, para formar sua opinião, lembrar de suas histórias e passá-las pra frente. Concordo. Ela diz uma coisa até muito, muito bonita: quando ela relê seus próprios diários, redescobre o conteúdo de seus livros neles! É isso, a mensagem é a mesma. Só muda a forma. E a outra resposta veio com o cartão postal da Laudenice, a agradável surpresa de ser apresentada à sua letra, ao seu jeito de escrever, que me é familiar, brasileiro. Veio com o poema de ontem e com o comentário da Ingrid, de que a internet está aí para fazermos amigos com os quais nos identificamos e fortalecermos as amizades já existentes, não importa onde for que estas pessoas morarem. É isso. Não existem acasos. Muito obrigada, Laudenice!  

P.S. I - Encontrei os pombinhos. Olhei bem pros olhos deles, mas eles não quiseram encontrar os meus. Na volta pra casa vi nuvens no céu, vi as imagens destas nuvens no céu (outra mania minha; desde criança imagino mil e uma imagens nas nuvens no céu): um lado, o esquerdo, super nublado e o outro, direito, super claro. O lado claro formava o rosto de um homem, que olhava pra baixo e tinha uma bola brilhante nas mãos. Esta bola parecia engolir o lado escuro, tinha uma ponta do lado escuro que se encostava a esta bola e me dava uma sensação de esperança. No final, tudo vai acabar bem.

P.S. II - Devo dizer que é a primeira vez que meu blog foi indicado para alguma coisa. Não, tudo bem. Já participei de uma reportagem do jornal português International Press do Japão que relatou a vida de brasileiros no exterior (edição de 10 de janeiro de 2004). Foi legal. Depois veio o gentil convite da Claudia Danemann do Viver na Alemanha para escrever e publicar uma coluna quinzenal lá, o que faço e curto desde então (janeiro de 2004). Hoje tive mais uma agradável surpresa. Meu blog virou destaque semanal do Jornal do Blogueiro de Portugal. Muito obrigada, fico muito lisonjeada. Vou pra lá pra visitar os blogs dos outros destaques e talvez fazer novas amizades. Tchau, boa noite para todos !



 Escrito por Sandra Santos às 13h40

Comente aqui: ou aqui: []

::Winnie Pooh e Walt Whitman::

Repetindo Winnie Pooh, nada melhor do que não fazer nada!... Ou será que isso é da Rita Lee?

E por sugestão do Edson, visitei uma página com poemas do Walt Whitman. Nela achei esse poema aqui, do qual gostei muito:

Neste momento terno e pensativo

Neste momento terno e pensativo
Aqui sentado a sós
Sinto que existem noutras terras  outros homens
Ternos e pensativos,
Sinto que posso dar uma espiada
Por cima e avistá-los
Na França, Espanha, Itália e Alemanha
Ou mais longe ainda
No Japão, China ou Rússia,
Falando outros dialetos,
E sinto que se me fosse possível
Conhecer esses homens
Eu poderia bem ligar-me a eles
Como acontece com homens de minha terra,
Ah e sei que poderíamos
Ser irmãos ou amantes
E que com eles eu estaria feliz.

Bom domingo e viva a preguiça!



 Escrito por Sandra Santos às 08h22

Comente aqui: ou aqui: []

::MiL e UmA cOiSaS::

Eu poderia escrever sobre mil e uma coisas agora. Poderia escrever sobre um caso tragicômico de um gato que perdeu a amizade de algumas pessoas desta casa desde que andou distribuindo lembranças de sua existência pela casa e ninguém gostou. Desde então, ele luta desesperadamente para ser novamente reconhecido como o 4° membro da família. Poderia falar desse CD maravilhoso que toca enquanto escrevo, desse CD que pra mim já é cult, mistura de tudo de bom da música brasileira e muito estilo art noveau, que se inventa e reinventa em si mesmo, essa maravilha da Cibelle Cavalli. Poderia falar que este CD estava lá esperando por mim, sozinho, sem constar de nenhuma listagem dos computadores da loja onde o comprei, mas mesmo assim o achei. Já era meu antes de eu ter colocado as mãos nele. Poderia falar da máquina de lavar roupas que também teima em fazer barulho, ao fundo da música da Cibelle (são quase 10 da noite e a dona-de-casa aqui acaba de cumprir parte de suas funções – tô morta! Oh vidinha de mil funções essa de mulher moderna perdida no meio da Europa!). Poderia falar das mil e uma meias que entram pra dentro dessa máquina e de lá não voltam. Quem saberia solucionar o mistério das meias que ficam sem pé depois do passeio na máquina de lavar? Poderia falar da minha amiga que antes se achava razoavelmente bonita, mas agora se tornou só sombra de si própria: gorda, as rugas tomaram conta de seu semblante e as porretadas da vida lhe deixaram um ar meio sério / triste / melancólico no rosto… Mas ela continua na luta. E eu com ela! Poderia contar umas piadinhas contra homens que ouvi hoje no meu serviço… Tudo bem, vou contar uma : sabe quando dá pra perceber que um homem está fazendo planos em sua vida ? Quando ele compra um engradado de cervejas e verifica o que vai passar na TV. Poderia falar que vou ganhar um computador novo no trabalho, apesar de eu pertencer àquele grupinho superticioso que acredita na sabedoria popular do « never touch a running system ». E tantos anos depois de Ford, voltamos à estaca zero. Posso escolher a cor que quiser para meu computador, desde que ele seja preto ! Preto ? Isso, depois de anos e anos de computadores cinza, a DELL lançou esse computador horroroso, preto que dói, e se eu quiser / for obrigada a aceitar um computador novo, ele tem que ser preto. Não tem escolha não. Poderia contar que ganhamos 2,2% de aumento no emprego. A revolta foi geral. Isso não compensa nem a inflação do ano passado, para funcionários que já estão há anos sem aumento. Ah, deixa isso pra lá. Tem gente que se dá banho de loja, eu me dei ontem um banho de livros. Saí da livraria apressada, mas com um sorriso nos lábios, depois de adquirir várias preciosidades, eu e Taísa. Ela com 10 livrinhos, eu com alguns outros. Parece que ela adquiriu de vez essa mania da sua mãe doida. Dentre nossas preciosidades,  um novo livro da Susanna Tamaro, uma de minhas escritoras prediletas. Tô lendo e tô gostando muito. Ao mesmo tempo leio vários outros livros, sou multi-leitura. É difícil de um livro só conseguir me prender. Só se for muito bom mesmo. Tchau, isso aqui já tá ficando longo demais. Até mais ver!

 

Enquanto isso, a Cibelle continua embalando meus pensamentos. Obrigada, Cibelle! Mesmo sem nunca ter te visto, já te adoro e prometo te ver ao vivo na próxima oportunidade que houver. Sabia que você tem uma voz linda, mistura de Elis Regina com Adriana Calcanhoto? Parabéns! Virei sua fã.



 Escrito por Sandra Santos às 17h06

Comente aqui: ou aqui: []

::Eu adoro…::

Borboleta

Mandala

Marilyn Monroe

 

Sorvete

Suco natural de frutas

Vinho branco semi-seco

 

Roupa prática

Cores

Fotografia

 

Viajar

Voar

Andar de trem

 

Ver gente diferente

Lugares diferentes

Ouvir línguas diferentes

 

Ouvir música

Tomar chá

Comer salada

 

Escrever

Ler

Traduzir

Interpretar

 

Transar

Dançar

Cantar

Ser criativa

 

Bater papo inteligente

Admirar a natureza

Dalí e muitos outros fazedores de arte

(principalmente Art Nouveau)

 

E você?



 Escrito por Sandra Santos às 18h49

Comente aqui: ou aqui: []
Meu nome: Sandra
Aniversário: Dia de sorte
Signo: Virgem


Gosto:
De melancia
Laranja
Sol
Viajar
Bater papo
Rodar o mundo

Não Gosto:
De cinza
Monotonia
Chuva

Ouço:
Norah Jones
John Mayer
Marisa Monte
Adriana Calcanhoto
Legiao Urbana
Cazuza
Milton Nascimento
Toquinho e Vinícius
JAZZ
BOSSA NOVA
MÚSICA COM LETRA INTELIGENTE OU BATUQUE BOM =D
MPB

Vejo:
Eu nao sou de ver TV, sou mais de ler e escrever... mas adoro cinema!

Leio:
Vá onde seu coração mandar - Susanna Tamaro
Utta Danella
Paulo Coelho
Geraldo Eustáquio de Souza
Meu perfil
BRASIL , Mulher , de 26 a 35 anos , Portuguese , German , Cinema e vídeo , Informática e Internet , Viagens, Leituras...
MSN -



Histórico
01/04/2008 a 30/04/2008
01/03/2008 a 31/03/2008
01/02/2008 a 29/02/2008
01/01/2008 a 31/01/2008
01/12/2007 a 31/12/2007
01/11/2007 a 30/11/2007
01/10/2007 a 31/10/2007
01/09/2007 a 30/09/2007
01/08/2007 a 31/08/2007
01/07/2007 a 31/07/2007
01/06/2007 a 30/06/2007
01/05/2007 a 31/05/2007
01/04/2007 a 30/04/2007
01/03/2007 a 31/03/2007
01/02/2007 a 28/02/2007
01/01/2007 a 31/01/2007
01/12/2006 a 31/12/2006
01/11/2006 a 30/11/2006
01/10/2006 a 31/10/2006
01/09/2006 a 30/09/2006
01/08/2006 a 31/08/2006
01/07/2006 a 31/07/2006
01/06/2006 a 30/06/2006
01/05/2006 a 31/05/2006
01/04/2006 a 30/04/2006
01/03/2006 a 31/03/2006
01/02/2006 a 28/02/2006
01/01/2006 a 31/01/2006
01/12/2005 a 31/12/2005
01/11/2005 a 30/11/2005
01/10/2005 a 31/10/2005
01/09/2005 a 30/09/2005
01/07/2005 a 31/07/2005
01/06/2005 a 30/06/2005
01/05/2005 a 31/05/2005
01/04/2005 a 30/04/2005
01/03/2005 a 31/03/2005
01/02/2005 a 28/02/2005
01/01/2005 a 31/01/2005
01/12/2004 a 31/12/2004
01/11/2004 a 30/11/2004
01/10/2004 a 31/10/2004
01/09/2004 a 30/09/2004
01/08/2004 a 31/08/2004
01/07/2004 a 31/07/2004
01/06/2004 a 30/06/2004
01/05/2004 a 31/05/2004
01/04/2004 a 30/04/2004
01/03/2004 a 31/03/2004
01/02/2004 a 29/02/2004
01/01/2004 a 31/01/2004
01/12/2003 a 31/12/2003
01/11/2003 a 30/11/2003
01/10/2003 a 31/10/2003
01/09/2003 a 30/09/2003
01/08/2003 a 31/08/2003
01/07/2003 a 31/07/2003
01/06/2003 a 30/06/2003
01/05/2003 a 31/05/2003

Votação
Dê uma nota para meu blog


Outros sites
Pousada Ilha do Sol
Sítio do Ipê Amarelo
Viver na Alemanha
Manual para a Alemanha
Mundo Pequeno
Companhia para Crescer
Warrior of the Light
Karey Lorena
Patilein
Trocando Figurinhas
Zero Grau
UOL
UOL SITES


 


 



Blogs que leio:
Daniel Eisheiliger
Ar de Amor
Consulta Sentimental
Indizível
Trocando Figurinhas
Tricotando



Site Meter